Especialistas revelam o que venda de US$ 936 milhões da Tesla significa para o bitcoin

Caracterizada como a segunda empresa de capital aberto que mais investe em bitcoin, Tesla se desfaz de 75% de suas posições e gera impacto no mercado de criptomoedas. Entenda a opinião de especialistas
Apesar da venda milionária, Elon Musk defende bitcoin e se diz aberto à novas compras no futuro (Felipe Alves/Unsplash)
Apesar da venda milionária, Elon Musk defende bitcoin e se diz aberto à novas compras no futuro (Felipe Alves/Unsplash)
C
Cointelegraph BrasilPublicado em 21/07/2022 às 16:05.

Especialistas do setor de criptomoedas não se incomodam com a decisão da Tesla de vender 75% de suas participações em bitcoin, dizendo que é uma estratégia bastante típica para as empresas melhorarem o fluxo de caixa durante desacelerações econômicas.

Na última quarta-feira, 20, a fabricante de veículos elétricos revelou que havia vendido 75% de suas participações em bitcoin no segundo trimestre, adicionando US$ 936 milhões em fiduciário ao seu balanço.

Durante uma teleconferência, o CEO da Tesla, Elon Musk, observou que a venda “não deve ser considerada um veredicto sobre o bitcoin”, explicando que a mudança se deve a preocupações de liquidez, devido aos contínuos bloqueios do COVID-19 na China.

“A razão pela qual vendemos um monte de nossas participações em bitcoin foi que não tínhamos certeza de quando os bloqueios do Covid na China seriam aliviados. Por isso, era importante para nós maximizar nossa posição de caixa:”

“Certamente estamos abertos a aumentar nossas participações em bitcoin no futuro.”

(Mynt/Divulgação)

Questionado por investidores durante a teleconferência de resultados se ele via o bitcoin como um ativo de longo prazo, Musk disse que a criptomoeda era um “aspecto secundário” do principal objetivo de Tesla, que é “acelerar o advento da energia estável”.

“Criptomoeda não é algo em que pensamos muito”, disse ele.

Markus Thielen, diretor de investimentos da IDEG, gestora de ativos digitais com sede em Singapura, disse ao Cointelegraph que a Tesla provavelmente vendeu seu bitcoin, pois era “visto como uma distração de seu negócio principal:”

“Eu não ficaria surpreso se a Tesla continuar mordiscando o bitcoin quando este se estabilizar, caso contrário, eles teriam vendido 100%.”

A especialista em negociação de ações do site de comparação Finder, Kylie Purcell, explicou que a fabricante de carros elétricos não está sozinha em sua decisão de “reforçar o capital em moedas à vista”.

“Com o mundo caminhando para uma desaceleração econômica e possivelmente uma recessão, não é incomum que investidores e empresas transfiram capital de ativos mais voláteis para moeda fiduciária”, observou ela.

Ela também acrescentou que, embora o preço do bitcoin tenha caído após o anúncio, já há sinais de recuperação.

Na quarta-feira, 20, o preço do bitcoin caiu aproximadamente 2,6% após o anúncio da Tesla e retornou a US$ 23.299 no momento da redação deste artigo – próximo à máxima de um mês, o que significa que a comunidade de criptomoedas pode não ter ficado muito preocupada com o anúncio.

"Então, a Tesla já vendeu seu estoque, parece ter feito isso principalmente para manter o fluxo de caixa positivo (razões não centradas no bitcoin) e ainda tem 25% de seu bitcoin. Talvez eu esteja tentando lidar com isso, mas parece não ser nada", publicou Will Clemente no Twitter.

A reação silenciosa à venda foi diferente do anúncio em fevereiro do ano passado de que a Telsa havia arrecadado US$ 1,5 bilhão em bitcoin para adicionar ao seu balanço e planejava aceitar o Bitcoin como pagamento para certos produtos (embora isso tenha sido posteriormente descartado).

As notícias da época viram o preço do bitcoin saltar imediatamente quase US$ 3.000, levando a criptomoeda a um novo recorde histórico acima de US$ 43.000.

O chefe de parcerias estratégicas da Swyftx, Tommy Honan, disse ao Cointelegraph que a decisão da Tesla de comprar bitcoin no ano passado foi “um momento tão importante quanto você pode imaginar para ativos digitais:”

“Quase deu permissão a outras empresas para colocar criptomoedas em seus balanços e vimos muitos grandes investidores institucionais, bem como empresas de pequeno e médio porte inundarem o mercado a partir desse ponto.”

“Musk disse que a venda não foi um veredicto sobre o bitcoin, apenas um 'cash play', e parece que o mercado aceitou sua palavra. O preço do bitcoin se estabilizou nas últimas 24 horas e ficaríamos surpresos se outros grandes investidores seguissem o exemplo, especialmente considerando o preço atual do bitcoin.”

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok