Future of Money

Empresa de brasileiros quer tokenizar R$ 9 bilhões em imóveis ao redor do mundo

Dynasty Global anunciou aquisição de participação na tokenizadora suíça BrickMark Group AG, com foco em atuação global no mercado de ativos tokenizados

Tokenização tem ganhado espaço no mercado (Reprodução/Reprodução)

Tokenização tem ganhado espaço no mercado (Reprodução/Reprodução)

João Pedro Malar
João Pedro Malar

Repórter do Future of Money

Publicado em 28 de maio de 2024 às 16h24.

A Dynasty Global, uma empresa com sede na Suíça e criada por dois brasileiros, anunciou na última segunda-feira, 28, um investimento de R$ 60 milhões para adquirir uma participação no BrickMark Group, uma empresa suíça focada na tokenização de ativos. O movimento tem como objetivo viabilizar a tokenização de mais de R$ 9 bilhões em ativos imobiliários.

De acordo com um comunicado divulgado pela empresa, os ativos são propriedades espelhadas por diversos países e que serão tokenizadas ao longo dos próximos meses. A aquisição foi anunciada pouco depois da CVM ter aprovado a classificação do D¥N como um token de pagamento da empresa. O ativo é usado nas transações envolvendo propriedades tokenizadas.

Com o acordo, a Dynasty será agora a segunda maior acionista do BrickMark Group, que foi destacado como uma empresa "pioneira na tokenização de real estate no mundo". O token da Dynasty será usado para as transações imobiliárias dentro da plataforma da companhia suíça para a aquisição ou venda de imóveis.

Ainda segundo o comunicado, o BrickMark Group tem uma atuação concentrada em países como Suíça, Alemanha, Áustria, Luxemburgo, Hong Kong e Emirados Árabes Unidos. O CEO da Dynasty, Eduardo Carvalho, afirma que a expectativa é que o acordo ajude a consolidar o token da empresar a nível mundial, em especial no segmento imobiliário.

“Toda criptomoeda passa por diversos processos de validação de valor. No caso do bitcoin, por exemplo, ocorreu em 2010, quando a moeda foi aceita na compra de duas pizzas. Para o D¥N, a conclusão de uma transação deste calibre e o seu novo papel dentro da plataforma do BrickMark são passos estratégicos que reafirmam o seu valor ao mercado”, diz.

O investimento na empresa suíça também foi acompanhado de um movimento da Dynasty de aquisição de propriedades imobiliárias em "diferentes regiões" ao redor do mundo, sempre usando o seu token próprio como forma de pagamento. Entre as aquisições, está um hangar no Aeroporto Internacional de Maktoum, em Dubai.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.  

A empresa também adquiriu uma participação no YWT, um resort de alto padrão na Tailândia. Stephan Rind, CEO e fundador do BrickMark Group, avalia que o acordo entre as duas companhias simboliza "o início de um novo momento para a empresa, em que os negócios passarão, verdadeiramente, a ser trabalhados numa extensão universal".

“A chegada do D¥N é um passo fundamental para a expansão acelerada do sistema em escala global. Contar com um criptoativo que possibilita a liquidez e a operabilidade aos imóveis em qualquer parte do planeta é um elemento que encerra uma série de limitações que nos acompanhavam. Temos agora um aliado que nos possibilita alcançar novos mercados sem maiores preocupações”, avalia.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:TokenizaçãoCriptoativosSuíça

Mais de Future of Money

Hiperautomação, blockchain e Web3: o futuro da transformação digital

Independência financeira: empresas e corretoras cripto estão preparadas para esta demanda?

Drex: quase metade dos brasileiros não está convencida de adotar o real digital, revela pesquisa

Segurança, nuvem e IA generativa de mãos dadas no mercado financeiro

Mais na Exame