Em expectativas para 'The Merge', CME Group estreia negociação de opções de futuros de ethereum

A nova oferta se encaixa na variedade de produtos baseados em criptomoedas que o principal mercado de derivativos desenvolveu desde o lançamento de seus contratos futuros de bitcoin pioneiros em 2017
Chicago Mercantile Exchange (Tim Boyle/Bloomberg/Divulgação)
Chicago Mercantile Exchange (Tim Boyle/Bloomberg/Divulgação)
C
Cointelegraph BrasilPublicado em 13/09/2022 às 13:00.

O mercado de derivativos Chicago Mercantile Exchange Group (CME Group) anunciou o lançamento da negociação de opções para seus produtos de futuros de ether na última segunda-feira, 12 - a mesma semana do esperado The Merge na rede Ethereum.

O lançamento do novo contrato de futuros é "oportuno", disse o chefe global de ações e produtos FX do CME Group, Tim McCourt, em comunicado.

“À medida que os participantes do mercado antecipam a atualização que se aproxima, uma atualização potencialmente revolucionária de uma das maiores redes de criptomoedas, o interesse em derivativos de ether está aumentando.”

O CME Group, o principal mercado de derivativos do mundo, anunciou sua intenção de lançar opções de futuros em 18 de agosto.

(Mynt/Divulgação)

Os novos contratos juntam-se a uma linha de produtos existentes do CME Group. O grupo lançou o primeiro contrato de futuros de bitcoin em dezembro de 2017. Seus contratos de derivativos de bitcoin e ether tiveram um interesse recorde no segundo trimestre deste ano, apesar do inverno cripto.

O CME Group lançou um produto de negociação de opções bitcoin em janeiro de 2020. A CME lançou contratos futuros de micro ether em dezembro de 2021 e em março de 2022 lançou contratos de opções para seus futuros micro bitcoin e ether existentes em 10% do tamanho dos tokens. Também oferece futuros de bitcoin e ether denominados em euros.

Os desenvolvedores da Ethereum confirmaram que a blockchain da Ethereum está pronta para o “The Merge”, durante o qual fará a transição de um mecanismo de consenso de prova de trabalho para prova de participação. A fusão está prevista para ser concluída em 15 de setembro.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok