Elon Musk cobra Binance por saques de dogecoin e CEOs trocam farpas

O CEO da Tesla entrou em guerra com Changpeng Zhao no Twitter por conta da criptomoeda canina, cujos saques foram congelados na corretora

A Binance está tentando reconstruir sua carteira digital para lidar com um problema técnico que resultou em várias transações dogecoin (DOGE) erradas e contas de usuários congeladas.

Os usuários disseram anteriormente que suas contas foram congeladas pela corretora até que eles devolvessem a DOGE que foi transferida incorretamente.

Alguns usuários informaram que suas contas foram desbloqueadas nos últimos dias, e alguns disseram que podem usar seus fundos para outras criptomoedas armazenadas em sua carteira Binance.

A maior corretora de criptomoedas do mundo afirmou nesta terça-feira, 23, estar reconstruindo sua carteira do zero para resolver o problema, que foi causado por uma atualização de software recente.

A Binance usa uma configuração diferente de outras plataformas para DOGE, que é o que levou ao problema, informou a corretora. O problema fez com que transações antigas fossem reenviadas para 1.674 usuários, disse a empresa.

O incidente chamou a atenção do CEO da Tesla, Elon Musk, que perguntou ao CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao o que estava acontecendo e disse que a questão “soava duvidosa”.

A Binance respondeu que “não era obscuro - apenas frustrante”, acrescentando detalhes sobre a correção.

Mais tarde, Zhao rebateu. Se desculpou com Musk por qualquer inconveniente causado a ele e postou um artigo do Guardian sobre a Tesla ter chamado um recall de 12.000 carros, perguntando: "O que aconteceu aqui?".

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também