El Salvador propõe isenção de impostos para investimentos em bitcoin

O país busca encorajar investimentos estrangeiros após adotar o bitcoin como moeda de curso legal e desenvolve tecnologias contra o uso da criptomoeda para atividades ilegais
Assessor jurídico do presidente Nayib Bukele afirma: “Não haverão taxas a serem pagas com o aumento de capital ou renda” (Camilo Freedman/Bloomberg/Getty Images)
Assessor jurídico do presidente Nayib Bukele afirma: “Não haverão taxas a serem pagas com o aumento de capital ou renda” (Camilo Freedman/Bloomberg/Getty Images)
C
CoindeskPublicado em 13/09/2021 às 10:14.

Um assessor do governo de El Salvador anunciou que o país pretende garantir isenção de impostos sobre ganho de capital com bitcoin para investidores estrangeiros no país.

  • O país da América Central, que se tornou na última semana o primeiro do mundo a reconhecer o bitcoin como moeda de curso legal, busca encorajar investimentos estrangeiros, como noticiou o France24, citando a agência de notícias internacional AFP.
  • “Se uma pessoa tem ativos em bitcoin e gera bons lucros, não haverá taxas”, afirmou Javier Argueta, assessor jurídico do presidente de El Salvador, Nayib Bukele. “Não haverá taxas a serem pagas com o aumento de capital ou renda”.
  • Sobre as preocupações quanto à estabilidade econômica, dado a volatilidade inerente do bitcoin, Argueta disse que as transações seriam suspensas temporariamente se houver a possibilidade de seu valor colapsar.
  • Argueta adicionou que a carteira digital que El Salvador desenvolve para o uso de seus habitantes irá conter “mecanismos relevantes” de rastreamento para mitigar riscos a cerca do uso do bitcoin para atividades ilegais.
  • Invista em bitcoin com apoio dos assessores do maior banco de investimentos da América Latina
Texto traduzido e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube