Dogecoin: criptomoeda piada cresceu 26.000% nos últimos seis meses

O aumento do preço da Dogecoin nesta semana foi atrelado à aparição de Musk no programa Saturday Night Live, que acontece na noite de hoje (8)

Com um cachorro da raça shiba inu estampando a moeda criada em 2013, como uma brincadeira e uma espécie de alternativa mais divertida em relação ao bitcoin, a Dogecoin tem crescido muito nos últimos meses e alcançou o posto de quinta maior criptomoeda do mundo em capitalização do mercado.

Só neste ano, ela disparou mais de 14.000%, de 0,00468 dólar em 31 de dezembro. Porém, na sexta-feira (7), a moeda atingiu um recorde ao alcançar uma capitalização de mercado de cerca de US$ 92 bilhões, após um aumento de mais de 26.000% em seis meses.

Considerada por anos como um “meme” entre as criptomoedas, a Dogecoin conquistou Elon Musk, visto que o bilionário da Tesla e CEO da SpaceX passou anos falando sobre o token. Inclusive, os tweets de Musk influenciam no preço da moeda, já que as postagem na rede social, muitas vezes indiretamente, ajudaram a despertar o interesse dos investidores.

O aumento do preço da Dogecoin nesta semana foi atrelado à aparição de Musk no programa Saturday Night Live, que acontece na noite de hoje (8). Além de Musk, outras celebridades que aprovam a moeda estão o baixista do Kiss, Gene Simmons e o dono do Dallas Mavericks, Mark Cuban. 

Para Avi Felman, Chefe de Negociação da BlockTower Capital, a compra da criptomoeda é feita sem justificativa.“É como, ‘Sim, essa coisa pode ter valor também. E vou comprá-lo, porque vou comprá-lo’”, disse ao site CNBC. Enquanto isso, especialistas comentam que esta dinâmica lembra a negociação do GameStop no início deste ano.

“Elon está basicamente transmitindo esta mensagem: ‘Por que a Dogecoin não tem valor?’”, disse Felman à CNBC. “Faz parte do boom do GameStop. As pessoas gostam dessas narrativas, dessas histórias, dessas piadas. E Dogecoin capturou a mente e a imaginação de cada investidor de varejo”. 

O aumento do comércio sem comissões por meio de aplicativos de corretagem online como o Robinhood também tornou mais fácil do que nunca comprar em criptografia. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.