Google lista app para que operadoras bloqueiem smartphones inadimplentes

Aplicativo foi desenvolvido para operadora do Quênia, mas listagem na Play Store cria desconfiança sobre uso em outroas países; empresa fala em equívoco

Um novo aplicativo do Google, listado na Play Store dos EUA no último fim de semana, está causando polêmica. Chamado Device Lock Controller, o app permite que as operadoras de telefonia bloqueiem funções do smartphone remotamente.

A ideia do aplicativo é que operadoras ou instituições que permitem o pagamento parcelado de aparelhos possam, em caso de inadimplência, restringir o seu funcionamento — podendo, inclusive, bloqueá-lo completamente.

"O Device Lock Controller permite o gerenciamento de dispositivos para provedores de crédito. Seu provedor pode restringir remotamente o acesso ao seu dispositivo se você não fizer os pagamentos corretamente. Se o seu dispositivo for restrito, funcionalidades básicas, como chamadas de emergência e acesso às configurações, ainda estarão disponíveis", diz a descrição do app na Play Store.

O Google, por sua vez, afirma que a listagem do app na Play Store dos EUA foi um equívoco da empresa. Segundo a companhia, o Device Lock Controller foi desenvolvido em parceria com a operadora queniana Safaricom, que possui uma campanha de comercialização de smartphones a preços baixos e pagamento facilitado.

Atualmente, as operadoras, inclusive no Brasil, podem limitar a prestação dos serviços caso o consumidor deixe de pagar suas faturas mensais. Mas o app do Google vai além, possibilitando o bloqueio de outras funções do aparelho — como a conexão às redes wi-fi.

O aplicativo usa uma função dos telefones que utilizam o sistema operacional Android chamada DeviceAdminService API, que é conhecida por permitir o monitoramento do uso de smartphones cedido por empresas a seus funcionários. Esse tipo de aplicativo, claro, não pode ser desabilitado.

Ao site especializado XDA, a companhia informou ainda que está trabalhando para retirar o app da loja de aplicativos e não respondeu aos questionamentos sobre a possibilidade de oferecer o Device Lock Controller para outras operadoras ou instituições financeiras em outros países.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também