Desafio do Governo para tokenizar patrimônio da União pagará R$ 150 mil em prêmios

Intensivo de programação para criar soluções de administração pública ocorrerá entre 21 de novembro e 15 de dezembro; descubra como se inscrever
Governo investe em iniciativas de desenvolvimento na Web3 (TimeStopper/Getty Images)
Governo investe em iniciativas de desenvolvimento na Web3 (TimeStopper/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 18/11/2022 às 12:10.

O Governo brasileiro criou um desafio para tokenizar o patrimônio da União e pretende pagar até R$ 150 mil em prêmios para aqueles que desenvolverem as melhores soluções durante o período entre os dias 21 de novembro e 15 de dezembro. Chamado de “Hackathon Web3: tokenização do patrimônio da União”, o evento teve suas inscrições abertas na última quinta-feira, 17.

“Esse hackathon promete transformar a gestão patrimonial do setor público”, diz o presidente da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Diogo Costa. “É um evento que combina os melhores talentos do setor público com as melhores tecnologias do setor privado a fim de criar soluções inovadoras para o sistema de propriedades”, ressalta.

O tema principal que será trabalhado no hackathon do Governo envolve a tokenização de ativos da União em blockchain, e casos de uso relacionados a atribuições legais da Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU).

(Mynt/Divulgação)

A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, do Ministério da Economia; o Serpro, maior empresa pública para soluções em tecnologia do governo; e a Enap.
Um hackathon é um evento que propõe um desafio para desenvolvedores, que competem entre si para desenvolver a melhor solução.

Entre os problemas que serão propostos aos desenvolvedores está o registro de imóveis, matrículas, cadeia dominial, emissão de títulos com força de escritura pública e a destinação de bens da União, como locação, arrendamento, inscrição de ocupação e comodato.

A preocupação com o meio ambiente também está presente na organização do evento. Outros problemas sobre emissão de crédito de carbono, reserva legal e recuperação ambiental serão abordados.

O desafio será composto de workshops que antecedem a fase de hackathon, onde os desenvolvedores irão efetivamente criar suas soluções.

Durante o período entre o dia 21 de novembro e 2 de dezembro ocorrerão os workshops, enquanto a fase do hackathon tem início no dia 3. Os participantes terá suporte da organização de forma contínua.
Do dia 11 de dezembro até o dia 14 haverá a apresentação das soluções. O evento finaliza no dia 15 de dezembro com a premiação dos projetos.

Além das entidades governamentais envolvidas, o “Hackathon Web3: tokenização do patrimônio da União”, conta com outros parceiros, como a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e a Fundação Celo. As inscrições estão abertas até o dia 2 de dezembro.

Comece seu portfólio de criptomoedas. A Mynt é uma empresa BTG Pactual para você comprar e vender crypto com segurança e atendimento 24 horas. Abra agora sua conta e desbloqueie seu mundo crypto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok