Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

O deputado dos Estados Unidos Tom Emmer se manifestou contra o presidente da Comissão de Valores Mobiliários (SEC, na sigla em inglês), Gary Gensler, durante uma audiência no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara realizada na última quarta-feira, 27. De acordo com o congressista republicano, Gensler tem sido leal a Wall Street "às claras custas da inovação, da concorrência e dos americanos comuns".

Em quatro minutos de perguntas feitas ao regulador, Emmer destacoou o histórico de Gensler no universo das finanças, que inclui 18 anos trabalhando no banco Goldman Sachs, onde foi sócio e codiretor de finanças. Na opinião do deputado, os laços de Gensler com o setor financeiro limitam sua capacidade de ser um regulador imparcial.

Emmer afirmou que "considerando sua carreira de 18 anos em um dos maiores bancos do mundo e a fortuna pessoal que acumulou lá, você acha que é possível atuar como um regulador imparcial e não favorecer grandes intermediários financeiros?".

O depoutado questionou ainda que "para ser claro, senhor, esse ponto de vista não tem nada a ver com uma preocupação que o senhor manifestou em um discurso no ano passado, no qual disse, entre outras coisas: 'No ano passado, vários executivos de bancos compartilharam suas preocupações comigo sobre o grande número de seus clientes que transferiram dinheiro de suas contas bancárias para exchanges e carteiras relacionadas a criptomoedas', fim da citação, certo?".

Gensler foi orientado a responder a todas as perguntas com um "sim" ou "não", sem poder fazer outros comentários. Em resposta à primeira pergunta sobre a capacidade de regular de forma imparcial, Gensler disse: "Absolutamente, senhor". Em resposta à segunda pergunta, Gensler tentou contextualizar sua citação, mas não teve permissão para continuar.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Críticas a Gensler

O deputado Tom Emmer tem se posicionado como um ardoroso defensor das criptomoedas, pressionando por clareza regulatória nos Estados Unidos em meio à postura mais rígida da SEC em relação às empresas de criptomoedas, que teve início em 2022 após o colapso da corretora de criptomoedas FTX.

Uma análise dos principais doadores de Emmer entre os anos de 2021 e 2022 revela que a empresa de capital de risco Andreessen Horowitz, um dos principais investidores do espaço das criptomoedas, faz parte da lista de doadores do deputado. De acordo com os dados disponíveis, as doações dos setores de valores imobiliários e investimentos foram de US$ 418.020.

Durante a audiência, o deputado Patrick McHenry também sugeriu que a SEC poderia ser intimada a respeito do ex-CEO da FTX, Sam Bankman-Fried. De acordo com McHenry, Gensler se esforçou para "sufocar o ecossistema de ativos digitais", além de "se recusar a ser transparente com o Congresso" nas conexões entre a comissão, a FTX e Bankman-Fried.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Drex vai mudar economia e impactar mercado, carreira e negócios; saiba como se preparar

Future of Money

Drex vai mudar economia e impactar mercado, carreira e negócios; saiba como se preparar

Há 6 horas

Bank of America: os benefícios e riscos da inteligência artificial para o setor bancário

Future of Money

Bank of America: os benefícios e riscos da inteligência artificial para o setor bancário

Há 7 horas

Coreia do Sul anuncia teste piloto de moeda digital em 2024 com 100 mil cidadãos

Future of Money

Coreia do Sul anuncia teste piloto de moeda digital em 2024 com 100 mil cidadãos

Há 8 horas

Barbie, Round 6 e criptomoedas falsas: veja como golpistas se aproveitam de sucessos mundiais

Future of Money

Barbie, Round 6 e criptomoedas falsas: veja como golpistas se aproveitam de sucessos mundiais

Há 9 horas

icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais