Future of Money
Acompanhe:

Criptomoedas desempenharão 'papel importante' nos Emirados Árabes, diz ministro

Emirados Árabes Unidos pretendem implementar a regulamentação correta para apoiar o crescimento do setor cripto no país, observou ministro de comércio exterior

Bandeira dos Emirados Árabes Únidos (Andrew Redington/Getty Images)

Bandeira dos Emirados Árabes Únidos (Andrew Redington/Getty Images)

C
Cointelegraph Brasil

Publicado em 25 de janeiro de 2023, 11h34.

As criptomoedas desempenharão um “papel importante” no futuro do comércio global dos Emirados Árabes Unidos, diz o ministro de estado de comércio exterior dos Emirados Árabes Unidos, Thani Al-Zeyoudi.

Falando com a Bloomberg em Davos, Suíça - onde os líderes mundiais se reuniram para o Fórum Econômico Mundial de 2023 - Al-Zeyoudi forneceu uma série de atualizações sobre as parcerias e políticas comerciais dos Emirados Árabes Unidos até 2023.

Comentando sobre o setor cripto, o ministro afirmou que “as criptomoedas desempenharão um papel importante para o comércio dos Emirados Árabes Unidos daqui para frente”, destacando que “o mais importante é garantirmos a governança global quando se trata de criptomoedas e empresas cripto”.

(Mynt/Divulgação)

Al-Zeyoudi sugeriu que, enquanto os Emirados Árabes Unidos trabalham em seu regime regulatório de cripto, o foco será tornar o país do Golfo um centro com políticas favoráveis ​​à cripto que também tenham proteções suficientes:

“Começamos a atrair algumas das empresas para o país com o objetivo de construirmos juntos a governança e o sistema jurídico adequados, necessários.”
Os comentários de Al-Zeyoudi vêm apenas uma semana depois que o Gabinete dos Emirados Árabes Unidos introduziu uma nova regulamentação que essencialmente garante que as entidades envolvidas em atividades criptográficas devem obter uma licença e aprovação da Autoridade Reguladora de Ativos Virtuais (VARA).

Se as empresas não o fizerem, enfrentarão multas de até US$ 2,7 milhões de acordo com a nova lei . A medida se soma aos “Princípios Orientadores” para regulamentação e supervisão de ativos digitais que foram publicados pelo regulador financeiro da zona econômica livre do mercado global de Abu Dhabi em setembro.

Os princípios descrevem uma postura amigável em relação à criptografia, ao mesmo tempo em que se comprometem a cumprir os padrões internacionais de combate à lavagem de dinheiro (AML), combate ao financiamento do terrorismo (CFT) e apoio a sanções financeiras.

O ministro de estado dos Emirados Árabes Unidos para inteligência artificial e economia digital, Omar Sultan Al Olama, também apareceu no Fórum Econômico Mundial como parte de um painel focado em cripto em 19 de janeiro.

Al Olama observou que, embora o desastre do FTX seja uma grande preocupação, os Emirados Árabes Unidos ainda querem ser um hub, apesar de toda a provação.

“Essas [empresas de criptomoedas] chamando os Emirados Árabes Unidos de lar é definitivamente uma coisa positiva”, disse ele.

O ministro também distanciou os Emirados Árabes Unidos de afirmações de que suas cidades como Dubai tendem a se tornar pontos-chave para os quais figuras desonradas de criptomoedas fugirão, argumentando que “os maus atores não têm nacionalidade e não têm um destino”.

Ele enfatizou, no entanto, que os governos precisam trabalhar juntos para impedir que os maus atores desapareçam no exterior.

“Você os verá em todos os lugares. Você os verá nas Bahamas, os verá em Nova York, Londres, e o que precisamos fazer como governos é trabalhar juntos, também com a indústria, para garantir que, se alguém fizer algo errado, não possa se mover de um lugar para o outro”, disse.

Até quando você vai deixar de investir em crypto? Abra sua conta na Mynt e explore novas formas de investir sem medo. Clique aqui para desbloquear seu mundo crypto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok