Receita Federal e Departamento de Justiça dos EUA investigam Binance

Autoridades norte-americanas procuram por transações ilícitas envolvendo criptoativos dentro da maior corretora de ativos digitais do mundo

A maior corretora de criptomoedas do mundo, a Binance, está sendo investigada pela Receita Federal e pelo Departamento de Justiça dos EUA, que procuram minimizar a incidência de atividades ilícitas dentro do mercado de criptomoedas.

A investigação que conta com uma equipe especializada em crimes fiscais e lavagem de dinheiro, tem como objetivo principal encontrar possíveis irregularidades em relação aos negócios e transações efetuadas dentro da Binance, que teve um grande aumento no volume de negociações em sua plataforma nos últimos anos.

Sobre o início das investigações e rumores de possíveis irregularidades, a Binance deixou claro que seguir as obrigações legais é uma de suas prioridades, salientando que a corretora de criptoativos têm trabalhado para desenvolver sua plataforma de acordo com as principais políticas de combate à lavagem de dinheiro.

“Levamos nossas obrigações legais muito a sério e nos envolvemos com reguladores e agentes da lei de forma colaborativa… Trabalhamos muito para construir um programa de conformidade robusto, que incorpore os princípios e ferramentas de combate à lavagem de dinheiro usados ​​por instituições financeiras para detectar e lidar com atividades suspeitas”, disse a Binance em comunicado.

Por mais que haja uma investigação acontecendo, as autoridades norte-americanas não direcionaram nenhum tipo de acusação à corretora de criptomoedas e ocultaram os setores que estão sendo examinados.

Além de demonstrar um aumento da preocupação das autoridades norte-americanas com o uso de criptomoedas para atividades ilegais, as investigações também procuram identificar cidadãos que estão sonegando impostos referentes aos ganhos obtidos com o mercado de criptoativos, que cresceu exponencialmente nos últimos meses.

No curso "Decifrando as Criptomoedas" da EXAME Academy, Nicholas Sacchi, head de criptoativos da Exame, mergulha no universo de criptoativos, com o objetivo de desmistificar e trazer clareza sobre o funcionamento. Confira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também