Jogador da NFL anuncia que irá receber 100% de seu salário em bitcoin

Acompanhando o aumento da adoção do criptoativo em todo o mundo, o jogador do Kansas City Chiefs anunciou que irá receber o seu salário integralmente em bitcoin

O jogador da liga profissional de futebol americano dos EUA (NFL), Sean Culkin, anunciou nesta segunda-feira, 26, que se tornará o primeiro jogador a receber o seu salário integralmente em bitcoin.

De acordo com a publicação do portal de notícias norte-americano, Newsweek, Sean Culkin, jogador do Kansas City Chiefs, receberá o seu salário de 920 mil dólares de forma quinzenal através da plataforma Zap Strike, que também é utilizada por Russell Okung, outro jogador da NFL que recebe uma parte de seu pagamento em bitcoin.

Culkin considera a criptomoeda como um investimento melhor que ouro, imóveis ou qualquer outro tipo de empreendimento durante esse período de instabilidade econômica.

"Percebi que o bitcoin era a solução para muitos dos problemas do mundo. E com grande convicção, eu queria ser pago nele", disse Culkin.

Há quatro anos jogando na liga profissional, atuando também por Los Angeles Chargers e Baltimore Ravens, Sean desenvolveu uma visão que excede a sua carreira dentro da NFL, colocando o bitcoin como um investimento que possa propiciar garantias para seu futuro.

"Não recebi milhões de dólares e não tive contratos enormes garantidos... Tive o mínimo da liga. Sempre tive que provar meu valor dia após dia. Eu acredito que o bitcoin vá subir, obviamente, é por isso que estou tomando essa decisão", disse.

Além disso, Culkin explicou que o futebol americano é um esporte que exige muito fisicamente dos atletas, fazendo com que a limitações físicas possam torná-la mais breve. Por conta disso, o jogador ressaltou a importância da criptomoeda para seu futuro, explicitando o seu poder como uma reserva de valor.

"Considerando a minha carreira, faz mais sentido ser pago com um dinheiro sólido que pode protege meu poder de compra ao longo do tempo", completou.

Histórias de adoção de criptomoedas como forma de pagamento para salários têm se tornado cada vez mais comuns no mundo esportivo. No começo do mês, o Sacramento Kings, time da liga norte-americana de basquete, a NBA, anunciou que irá disponibilizar a seus jogadores e funcionários a opção de receber seus salários em bitcoin.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também