Em 10 minutos, US$ 190 milhões em contratos futuros de bitcoin são liquidados na Binance

Só na Binance foram liquidados US$ 190 milhões em posições 'compradas' de contratos futuros de bitcoin; preço do ativo já recuperou perdas
 (Bloomberg/Getty Images)
(Bloomberg/Getty Images)
G
Gabriel Rubinsteinn

Publicado em 04/01/2021 às 13:04.

Última atualização em 04/03/2021 às 14:41.

Uma queda rápida e acentuada no preço do bitcoin na manhã desta segunda-feira (4) fez com que quase 200 milhões de dólares em contratos futuros fossem liquidados automaticamente na Binance, gerando enorme prejuízo para investidores que apostavam na continuidade da alta do preço do ativo.

Contratos futuros são derivativos que apostam no desempenho futuro de um determinado ativo. Se o investidor acredita que o ativo vai subir, ele opera "comprado" (ou, em inglês, "long"); se acredita que o ativo vai desvalorizar, opera "vendido" ("short").

Essa operação é feita com alavancagem e, por isso, depende de garantias para ser realizada. Quando o preço do ativo anda para o lado oposto ao que o investidor apostou, ele pode ter sua posição liquidada automaticamente caso o valor da garantia seja atingido por seus prejuízos — este recurso é chamado de "stop-loss" e visa justamente limitar o prejuízo de cada operação.

No caso desta segunda-feira, investidores que estavam comprados (apostando na alta do bitcoin) foram surpreendidos pela queda rápida e acentuada, que fez com que milhares de posições atingissem o "stop-loss" e fossem automaticamente liquidadas, gerando prejuízo milionário para quem estava nessa situação.

Faça o teste interativo da EXAME para descobrir qual é o seu perfil de investidor. Entenda sua tolerância a risco e planeje melhor seus investimentos!

Segundo dados do site de análise de blockchain Glassnode, apenas na Binance, investidores que estavam comprados tiveram 190 milhões de dólares em contratos futuros liquidados em poucos minutos: "190 milhões de dólares (em posições 'compradas') foram liquidados na Binance em 10 minutos. O maior valor até hoje", comentou a Glassnode ao lado de um gráfico que mostra as liquidações na exchange. Além da Binance, várias outras corretoras de criptoativos também oferecem derivativos de bitcoin, o que indica que o prejuízo total pode ter sido muito maior.

Os investidores operando "comprados" em bitcoin vinham numa sequência quase ininterrupta de ganhos desde dezembro, já que o preço do ativo praticamente só subiu desde então. No entanto, diversos analistas alertavam já há algum tempo — e provavelmente este é um aviso feito desde antes do bitcoin existir — que nenhum ativo sobe para sempre.

Apesar da alta meteórica e dos seguidos recordes de preço nos últimos meses, que deixaram os investidores bastante animados, movimentos como o da manhã desta segunda-feira mostram que o bitcoin continua muito volátil. O ativo despencou quase 15% em poucos minutos, passando de mais de 33 mil para cerca de 27.800 dólares. Algumas horas depois, já recuperou quase todas as perdas e é negociado na faixa de 32 mil dólares no mercado internacional.

No curso "Decifrando as Criptomoedas" da EXAME Academy, Nicholas Sacchi, head de criptoativos da Exame, mergulha no universo de criptoativos, com o objetivo de desmistificar e trazer clareza sobre o funcionamento. O especialista usa como exemplo o jogo Monopoly para mostrar quem são as empresas que estão atentas a essa tecnologia, além de ensinar como comprar criptoativos. Confira.