BC de Portugal legaliza a atuação de corretoras de bitcoin no país

Duas corretoras de bitcoin poderão atuar, tornando Portugal o primeiro país a legalizar este tipo de empresa no continente, contrariando a abordagem do Banco Central Europeu

O Banco Central de Portugal autorizou a operação de duas corretoras de bitcoin no país, legalizando a atuação das empresas de criptoativos no país ibérico.

A decisão vai contra a posição do Banco Central Europeu, que tem uma abordagem contrária às criptomoedas dentro do espaço econômico conhecido como Schegen.

As duas corretoras autorizadas pelo país lusitano são a CriptoLoja, que tem sede em Estoril, na região de Lisboa, e a Mind The Coin, que opera em Braga, ao norte do país. As empresas publicaram a autorização no Instagram.

Segundo a Mind The Coin, foram nove meses de espera para a aprovação do Banco de Portugal, nome oficial do BC do país. Por enquanto, as empresas são as únicas aprovadas pela autoridade financeira, que ao todo teria recebido cinco pedidos de empresas diferentes, para atuar com bitcoin em Portugal.

As duas corretoras aprovadas negociam o bitcoin contra o euro, moeda oficial do espaço europeu. O país já tinha atuação da fintech britânica Revolut, com uma conta digital multimoedas que inclui o bitcoin para negociação.

Apesar da novidade, as empresas de bitcoin de Portugal alegam que o tempo de nove meses de aprovação é uma "eternidade" para o mercado, já que a flutuação de preços e a volatilidade podem inviabilizar as empresas no período. O registro junto ao BC também foi classificado de "autêntico calvário".

A Associação Portuguesa de Blockchain e Criptomoedas também criticou o ritmo de aprovação e pediu celeridade para os outros três pedidos de análise junto ao BC do país.

Desde setembro de 2020, o BC de Portugal tem a responsabilidade de supervisionar gestoras de ativos digitais para prevenir a lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

por Cointelegraph Brasil

No curso Decifrando as Criptomoedas, da EXAME Academy, Nicholas Sacchi mergulha no universo de criptoativos, com o objetivo de desmistificar e trazer clareza sobre o seu funcionamento. Confira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também