Axe lança "Doge Can", edição limitada de desodorante inspirada na dogecoin

Chamada de "Doge Can", a nova fragrância da Axe dedicada aos entusiastas da criptomoeda faz referência à Elon Musk e esgota em minutos

A Axe, uma das marcas de desodorantes corporais mais conhecidas do mundo, anunciou nesta segunda-feira, 19, uma nova fragrância para sua linha de desodorantes, a “Doge Can”, uma edição dedicada à dogecoin, a criptomoeda-meme queridinha de Elon Musk.

Em abril, durante o Doge Day, uma data comemorativa que foi criada pelos entusiastas da criptomoeda, uma série de empresas entraram na brincadeira de criar edições comemorativas de seus produtos caso a dogecoin atingisse o valor de US$ 1. Com a Axe não foi diferente, e a fabricante de desodorantes corporais prometeu produzir uma fragrância especial caso o criptoativo atingisse a marca tão esperada.

Mesmo sem atingir a paridade com um dólar, a Axe decidiu dar segmento aos planos de seu novo desodorante, que de acordo com a descrição da marca, que além de oferecer uma proteção durante 48 horas, possui um “cheiro de cripto” misturado com um “Musk úmido”, que faz referência direta ao Almíscar, uma substância conhecida na perfumaria e, ao próprio Elon Musk, um grande entusiasta da dogecoin.

As unidades da edição limitada foram disponibilizadas de forma gratuita e limitada na plataforma oficial da Axe, que se esgotaram em uma questão de minutos, devido a uma imensa quantidade de registros para obter a edição especial do desodorante.

Página oficial de lançamento do Doge Can

 (Axe/Divulgação)

Além da quantidade que foi disponibilizada em seu site oficial, a Axe também enviou para algumas pessoas a sua nova edição, que foi entregue em uma caixa especial, que continha o desodorante e uma pequena carta da empresa dedicada aos entusiastas do criptoativo.

“Estamos indo para a Lua... Nesta lata, você encontrará a cripto-confiança que você precisa para chegar lá. Este não é um perfume para parar e comemorar o quão longe o exército de entusiastas da doge chegou. É o cheiro que exala por todo o caminho até lá. Então aperte o cinto”, comunicou a Axe em carta aos entusiastas da dogecoin.

Mesmo com a grande repercussão que a o lançamento do Doge Can na internet, a criptomoeda-meme não conseguiu reverter a sua tendência de baixa, que teve como catalisador principal uma piada de Elon Musk sobre a criptomoeda em um programa de comédia norte-americano. Atualmente, a dogecoin é cotada a US$0,17, acumulando uma queda de 77% em relação a sua máxima histórica de preços registrada em maio deste ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também