Com clube perto de anunciar Messi, criptomoeda do PSG sobe 145% em 4 dias

Especulações sobre chegada do craque argentino ao PSG faz disparar o interesse de investidores pelo token de torcedor do clube francês

Com a confirmação de sua saída do Barcelona na última quinta-feira, 5, as especulações sobre o futuro de Lionel Messi tomaram grandes proporções. Nenhum clube, entretanto, parece mais próximo do craque argentino do que o PSG. O clube francês ainda não chegou a um acordo pela contratação, mas já colhe frutos desta possibilidade, e a criptomoeda do clube subiu mais de 145% nos últimos dias, graças à expectativa pela chegada do jogador.

Principal equipe da França e um dos clubes mais famosos do mundo, o PSG tem investido grandes fortunas em campanhas de marketing e na contratação de grandes estrelas do futebol mundial, como o brasileiro Neymar e o francês Mbappé. Com Lionel Messi, entretanto, o clube chegaria a um outro patamar - tanto dentro de campo, com um jogador que já foi eleito seis vezes o melhor do mundo, quanto fora dele, com uma legião de fãs e seguidores no mundo todo.

Não por acaso, apenas a possibilidade de contratar o argentino já aumentou consideravelmente o engajamento dos torcedores, levando a criptomoeda oficial do clube a uma alta expressiva desde que os boatos tomaram conta do noticiário esportivo.

Como já tinha sido especulado anteriormente no clube francês, que é comandado pelo bilionário Nasser Al-Khelaifi e que já demonstrou diversas vezes seu interesse pelo craque argentino, a saída de Messi do Barcelona aumentou a expectativa de torcedores e investidores, provocando um enorme fluxo comprador na criptomoeda do clube - que é um utility token emitido na plataforma Socios.com, da criptomoeda Chiliz.

Na quinta-feira, logo após o anúncio do fim da Era Messi no clube catalão, o token iniciou um grande movimento ascendente, com uma alta de 10,9% durante o dia, segundo dados do CoinMarketCap. Entretanto, as especulações aumentaram ainda mais durante o final de semana, e, com a imprensa francesa dando como certa a chegada do craque ao PSG, o token que era cotado a 24,89 dólares na sexta-feira, fechou o domingo acima dos 41 dólares.

Nesta segunda-feira, 9, com a notícia de que o avião particular de Lionel Messi estava decolando para Paris, a criptomoeda do PSG teve mais uma forte subida, superando a marca de 55 dólares, em um movimento de alta que acumula mais de 145% em apenas quatro dias.

Lançado em junho de 2020, o token em blockchain do PSG dá aos seus proprietários o poder de participar de uma série de decisões do clube, promoções especiais, acesso a conteúdos exclusivos e uma nova forma de aumentar seu engajamento com o time, com recompensas de acordo com o nível de interação na plataforma, que também é responsável pelos tokens de outros grandes times, como Barcelona, Juventus, Atlético-MG, Corinthians e muitos outros.

Os tokens de utilidade - que a plataforma Socios.com chama de fan tokens (ou "tokens de torcedor") - tem se tornado comuns no meio esportivo. A CBF, por exemplo, também lançou uma criptomoeda da Seleção Brasileira, que arrecadou mais de 90 milhões de reais em sua primeira venda pública, há menos de duas semanas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também