CEO de empresa avaliada em US$ 5,46 bilhões deixa cargo para focar na negociação de bitcoin

Michael Saylor chegou a investir US$ 4 bilhões na criptomoeda enquanto estava no comando da MicroStrategy, gerando um prejuízo de quase US$ 1 bilhão
Ex-CEO é um dos maiores entusiastas do bitcoin entre grandes empresários (Viktoriia Hnatiuk/Getty Images)
Ex-CEO é um dos maiores entusiastas do bitcoin entre grandes empresários (Viktoriia Hnatiuk/Getty Images)
M
Mariana Maria Silva

Publicado em 03/08/2022 às 18:05.

Última atualização em 03/08/2022 às 18:25.

O empresário Michael Saylor, considerado um dos maiores entusiastas do bitcoin, está deixando o cargo de CEO da MicroStrategy, sua empresa de softwares de inteligência empresarial, para se dedicar exclusivamente ao investimento em criptomoedas.

Sua empresa fundada em 1989 é avaliada em US$ 5,46 bilhões de acordo com dados do Yahoo Finance, e agora está nas mãos de Phong Le, de acordo com um comunicado da última terça-feira, 2. Antes da saída de Saylor, a MicroStrategy se tornou a empresa de capital aberto que mais possui bitcoin em suas reservas, acumulando um total de 129.218 unidades de bitcoin, de acordo com dados do CoinGecko.

(Mynt/Divulgação)

“Acredito que dividir as funções de presidente e CEO vai nos ajudar a buscar nossas duas estratégias corporativas de investir em bitcoin e expandir nossos negócios de software de análise empresarial”, disse Saylor no comunicado.

O empresário não deixará a MicroStrategy por completo, assumindo assim o cargo de presidente. “Como presidente executivo, vou poder me concentrar mais em nossa estratégia de aquisição e negociação de bitcoin, enquanto Phong terá o poder de CEO para gerenciar as operações corporativas gerais”, contou.

O investimento da MicroStrategy em bitcoin chega perto dos US$ 4 bilhões. Grande parte do valor investido foi emprestada por meio da venda de dívidas, segundo informações do Decrypt.

De acordo com a teleconferência de resultados, a empresa não mudará sua posição otimista quanto ao bitcoin e as criptomoedas. Phong Le, o novo CEO, afirmou que está alinhado com Saylor em sua estratégia corporativa e também quanto aos investimentos em bitcoin.

No segundo trimestre de 2022, a MicroStrategy reportou o prejuízo de US$ 917,8 milhões por conta da desvalorização de suas participações em bitcoin. O número é significativamente superior aos US$ 170,1 milhões apresentados no primeiro trimestre, refletindo os resultados negativos do momento difícil pelo qual o mercado de criptomoedas está passando.

Ainda que as perdas financeiras da empresa cheguem muito perto de US$ 1 bilhão, a MicroStrategy chegou a comprar mais unidades de bitcoin entre maio de junho. Foram 480 BTC por cerca de US$ 10 milhões, um preço médio de US$ 20.817 cada uma.

Outras empresas que utilizam o investimento em bitcoin como estratégia de tesouraria não mantém o mesmo otimismo. A Tesla, segunda empresa de capital aberto que mais investe em bitcoin, vendeu 75% de suas posições no último mês.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok