Future of Money

Cartaz de "compre bitcoin" que viralizou na internet é vendido por R$ 5 milhões em leilão

Escrito em uma folha de caderno, pedido chamou atenção após aparecer atrás da então presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, em 2017

Audiência de Janet Yellen no Congresso viralizou em 2017 (Reprodução/Reprodução)

Audiência de Janet Yellen no Congresso viralizou em 2017 (Reprodução/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 25 de abril de 2024 às 16h25.

Um "cartaz" com a frase "compre bitcoin" escrita em uma folha de caderno foi vendido na última quarta-feira, 24, pelo valor de US$ 1 milhão (mais de R$ 5,1 milhões, na cotação atual) durante um leilão. A peça ficou famosa não pela frase, mas pela circunstância em que apareceu, viralizando na internet em 2017.

A história começou em 2017, durante uma audiência de Janet Yellen no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Estados Unidos. À época, Yellen era a presidente do Federal Reserve. E, durante sua fala, um jovem chamou a atenção ao aparecer atrás de Yellen com o cartaz feito à mão.

O responsável pela ação foi Christian Langalis. Ele chegou a ser escoltado para fora do prédio do Congresso dos Estados Unidos e acusado de violar as regras da instituição. Mas, enquanto isso, a imagem de Langalis, o cartaz e Yellen acabou viralizando na internet, rendendo memes e muita discussão.

Em julho de 2017, quando o caso ocorreu, o bitcoin valia cerca de US$ 2 mil e ainda era um ativo pouco conhecido, mas já bastante defendido por entusiastas do projeto. Desde então, a criptomoeda viu sua adoção disparar e, atualmente, é cotada em mais de US$ 60 mil.

A aparição de Langalis e seu cartaz foi breve, mas se tornou um dos momentos mais famosos para os investidores da criptomoeda. A fama em torno do "cartaz" fez com que ele fosse vendido nesta semana pelo valor de 16 bitcoins, pouco mais de US$ 1 milhão, considerando a cotação atual do ativo.

O leilão foi realizado em um bar temático de criptomoedas em Nova York e o valor será usado para financiar as operações da startup Tirrel Corp, que busca criar uma carteira digital ligada à Lightning Netowork, rede que busca aumentar a escalabilidade e velocidade de transações com bitcoin.

Responsável pelo leilão, a Scarce.City afirmou que o valor pago foi o maior já registrado na plataforma. Entretanto, a identidade do comprador ainda é desconhecida, sendo descrito apenas como "um dos investidores originais do bitcoin que ninguém nunca ouviu falar sobre".

Acompanhe tudo sobre:Janet YellenFed – Federal Reserve SystemBitcoin

Mais de Future of Money

Bitcoin encerra semana com recuperação, mas riscos com pressão de venda continuam

SEC encerra investigações sobre criptomoeda pareada ao dólar BUSD

MicroStrategy, maior detentora de bitcoin, anuncia desdobramento de ações nos EUA

Ethereum ronda maior nível de criptos "travadas" em staking, enquanto mercado espera ETFs

Mais na Exame