Bolsonaro faz primeira reunião no metaverso em encontro virtual com ministro das Comunicações

Fábio Faria, que está na Califórnia (EUA), divulga encontro com o presidente da República, Jair Bolsonaro, realizado em um ambiente de realidade virtual
 (Twitter/Reprodução)
(Twitter/Reprodução)
D
Da Redação

Publicado em 05/08/2022 às 18:53.

Última atualização em 05/08/2022 às 19:15.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fez nesta sexta-feira, 5, uma reunião no metaverso. O encontro virtual reuniu o chefe do poder Executivo, no Palácio da Alvorada, o ministro das Comunicações, Fábio faria, e o presidente da Anatel, Carlos Manuel Baigorri — ambos em viagem no Vale do Silício (EUA).

"Realizamos a primeira reunião do governo federal no ambiente virtual com o apoio da Dual 360. Diretamente da Califórnia, nos reunimos com o presidente da República para experimentar um outro nível de conexão no metaverso. O futuro chegou, e estamos acompanhando", publicou Faria nas redes sociais, junto com um vídeo do encontro virtual (assista abaixo).

As imagens mostram os dois participantes utilizando óculos de realidade aumentada, interagindo, por meio de seus avatares, que se encontraram virtualmente em uma sala de reuniões totalmente digital. "O Brasil, só em 2021, faturou US$ 2,3 bilhões em jogos, então isso representa muito já no nosso PIB", disse Faria.

O ministro também comentou que é "primeira vez que um presidente da República faz uma reunião no metaverso". A informação, entretanto, é equivocada, já que o presidente da Turquia, Recep Erdogan, já tinha participado de uma reunião semelhante em março.

Na conversa, Bolsonaro aproveitou a oportunidade para falar sobre a redução de impostos para equipamentos relacionados a games que seu governo teria promovido. O presidente também ressaltou que "o Brasil está na vanguarda dessa nova tecnologia que atenderá a população como um todo", se referindo ao 5G, tema trazido à conversa pelo presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), também presente no encontro virtual.

Ações e discussões relacionadas ao metaverso têm ganhado força há alguns meses, especialmente depois que o Facebook anunciou a mudança de nome para Meta e divulgou um plano ambicioso — e caro — de construção do seu próprio ambiente de realidade virtual. Várias outras grandes empresas, como Disney, Nike, Adidas, Elo e muitas outras também já demonstraram interesse pelo assunto.

A tecnologia blockchain também têm impulsionado o setor, já que NFTs e criptomoedas permitem a criação de complexos ecossistemas financeiros dentro desses ambientes, um mercado que já movimenta bilhões de dólares no mundo todo.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok