MotoGP entra no universo dos NFTs e anuncia plataforma de colecionáveis em blockchain

Campeonato de esporte a motor mais antigo do mundo é mais uma grande marca a embarcar no universo dos NFTs com a plataforma MotoGP™ Ignition
 (Patricia de Melo Moreira/Getty Images)
(Patricia de Melo Moreira/Getty Images)
G
Gabriel Rubinsteinn

Publicado em 02/03/2021 às 12:48.

Última atualização em 02/03/2021 às 13:10.

A MotoGP, principal categoria do Mundial de Motovelocidade e campeonato de esporte a motor mais antigo do mundo, anunciou sua entrada no universo da tecnologia blockchain e dos NFTs com o lançamento da plataforma MotoGP™ Ignition.

Assim, a marca se junta à outras gigantes que já estão envolvidas com este mercado, como a Fórmula 1 e a NBA. O MotoGP™ Ignition vai unir o universo dos cards colecionáveis com os fantasy games — jogos nos quais o desempenho real dos atletas equivale a pontos no jogo virtual.

A plataforma é desenvolvida pela Animoca Brands, empresa responsável pelo F1® Delta Time, e será lançada na blockchain Flow, criada pela Dapper Labs, a empresa por trás do popular NBA Top Shots e também do CryptoKitties, o primeiro jogo de colecionáveis em blockchain a atingir valores milionários, ainda em 2017.

"Estamos muito animados por lançar o MotoGP™ Ignition e estamos absolutamente entusiasmados por ser a próxima grande marca desportiva na blockchain Flow depois do sucesso do NBA Top Shot", disse Yat Siu, cofundador e presidente da Animoca Brands.

A primeira venda de colecionáveis do MotoGP™ Ignition está marcada para 26 de março e eles poderão ser comprados com moedas fiduciárias, via cartão de crédito, ou com REVV, o token utilitário que também é a moeda de outros jogos em blockchain.

"Estamos muito satisfeitos por continuar a trabalhar com a Animoca Brands e em anunciar o MotoGP™ Ignition, oferecendo aos fãs a oportunidade de possuir e comercializar colecionáveis em blockchain — organizando suas próprias coleções, bem como competindo entre si. O universo digital tem sido o foco principal da Dorna por muitas temporadas e estamos muito satisfeitos em dar aos nossos milhões de fãs ao redor do mundo mais uma oportunidade de interagir com seu esporte favorito e se envolver com a MotoGP", afirmou Pau Serracanta, diretor executivo da Dorna Sports SL, dono da marca MotoGP.

Os tokens-não fungíveis em blockchain, ou simplesmente NFTs, diferentemente dos criptoativos "comuns" como bitcoin ou ether, são únicos, indivisíveis e não-intercambiáveis, e suas informações são registradas em um contrato inteligente em blockchain.

Esse tipo de token pode ser usado para uma série de apliacações além dos colecionáveis, como obras de arte — o primeiro leilão de uma NFT Art na tradicional casa de leilões Christie's já tem lance de 3 milhões de dólares —, ingressos para eventos, negociação de imóveis, produtos e serviços, entre outros.