Future of Money

Bitcoin permitiu "renascimento" de El Salvador, afirma vice-presidente

País da América Central adotou ativo como moeda de curso legal em 2021, sendo a primeira nação a incorporar a criptomoeda em sua economia

El Salvador adotou o bitcoin como moeda de curso legal em 2021 (NurPhoto/Getty Images)

El Salvador adotou o bitcoin como moeda de curso legal em 2021 (NurPhoto/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 18 de outubro de 2023 às 14h32.

O vice-presidente de El Salvador, Felix Ulloa, afirmou em uma entrevista para a Forbes no último domingo, 15, que o bitcoin ajudou o país a "renascer". Em 2021, a nação centro-americana se tornou a primeira do mundo a adotar o ativo como uma moeda de curso legal, incorporando a criptomoeda à sua economia.

O político foi questionado sobre o sucesso dos títulos de dívida público emitidos pelo governo de El Salvador e ligados à criptomoeda. Para Ulloa, o interesse crescente de investidores "é o resultado da aplicação de uma política financeira do governo do presidente Nayib Bukele, exercida pelas nossas entidades responsáveis".

Para Ulloa, o bitcoin foi um "elemento crucial" para proporcionar uma nova posição de El Salvador ao redor do mundo. Por outro lado, o vice-presidente destacou que a reação inicial à adoção do ativo como moeda de curso legal foi mista, gerando tanto elogios quanto críticas.

"Algumas organizações multilaterais inicialmente levantaram objeções. Ainda assim, houve um entusiasmo que começou na esfera da economia digital, com os bitcoiners, onde El Salvador, tendo-se posicionado como o primeiro país a adotar uma criptomoeda como moeda legal, esteve na vanguarda e atraiu muitos investidores que de fato estão instalados aqui", destacou.

Outro ponto positivo que a adoção do bitcoin proporcionou está ligado ao turismo. Segundo Ulloa, o uso da criptomoeda por estrangeiros facilita a realização de pagamentos por serviços e produtos no país, sem precisar se preocupar com "a conversão para outras moedas".

"Sem dúvida, o turismo e a utilização de moedas digitais andam de mãos dadas e são um sinal desse futuro e do renascimento do nosso país", opinou o vice-presidente durante a entrevista. Nayib Bukele, o presidente de El Salvador, afirmou neste ano que o turismo do país cresceu 95%, atribuindo a expansão à adoção da criptomoeda.

Mineração de bitcoin em El Salvador

Recentemente, a Volcano Energy, uma empresa de parceria público-privada, anunciou que a primeira instalação de mineração de bitcoin com uso de energia de um vulcão está oficialmente em operação em El Salvador. O projeto foi batizado de Lava Pool e é baseado na chamada energia geotérmica.

O objetivo do governo de El Salvador com a Volcano Energy - da qual é um dos donos - é aproveitar o potencial de geração de energia do Vulcão Santa Ana para viabilizar uma operação de mineração da criptomoeda totalmente renovável, sem usar fontes de energia poluentes.

A ideia é que as iniciativas de mineração possam "fornecer receitas imediatas para esses projetos, especialmente em regiões remotas, ao mesmo tempo que oferecem capacidades flexíveis de gestão de carga para apoiar a rede durante picos de demanda ou períodos de estresse".

yt thumbnail

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:El SalvadorBitcoinCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

Investidores do bitcoin ainda não precificaram possível vitória de Trump, diz gestora

Bitcoin bate máxima histórica de preço em relação ao real, mesmo sem recorde em dólar

Bolsa de Chicago divulga data de estreia de ETFs de Ethereum nos EUA

Criptomoeda meme de Kamala Harris dispara mais de 100% após desistência de Joe Biden

Mais na Exame