Acompanhe:

Nesta terça-feira, 26, o bitcoin segue em alta, chegando a ultrapassar os US$ 71 mil. Depois de “altos e baixos” na última semana, o otimismo pode ter retornado para a principal criptomoeda, que sozinha movimenta mais de US$ 44 bilhões nas últimas 24 horas.

No momento, o bitcoin é cotado a US$ 70.900, com alta de 5,8% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. Nas últimas horas, a maior criptomoeda do mundo com quase US$ 1,4 trilhão em valor de mercado chegou a atingir a cotação de US$ 71.535.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Por que o bitcoin está subindo?

"O dia de ontem trouxe uma virada positiva para os ETFs de bitcoin, com o primeiro registro de fluxo positivo desde o dia 14. Apesar dos US$ 350 milhões em saídas do ETF Grayscale (GBTC), os aportes, liderados pelo FBTC da Fidelity, resultaram em um saldo positivo para o dia”, disse João Galhardo, analista de research da Mynt, plataforma de criptoativos do BTG Pactual.

“Esse movimento pode indicar o começo de um novo ciclo de aquisições por grandes instituições nos EUA, sugerindo uma perspectiva otimista para a semana no mercado cripto, à medida que novos fluxos de entrada superam potenciais pressões vendedoras”, acrescentou o especialista à EXAME.

Já Beto Fernandes, analista da Foxbit, aponta que dados também mostram um desinteresse por parte de investidores pela venda de seus bitcoins.

“O dado mais relevante que temos é como as retiradas de bitcoin das exchanges continuam intensas, o que acaba afastando, pelo menos momentaneamente, os receios de uma pressão vendedora muito extensa”, disse Fernandes.

O cenário macroeconômico e o discurso de Jerome Powell, presidente do banco central norte-americano, durante a última reunião do Comitê Federal do Mercado Aberto (FOMC) na última semana sobre a política monetária do país também continuam impactando o mercado cripto.

“Além disso, os posicionamentos de duas autoridades monetárias nos Estados Unidos deram força ao discurso de Jerome Powell na última semana. Claro que nenhuma autoridade vai se comprometer com alguma data específica, mas a reafirmação de que haverá três cortes de juros ainda este ano alimenta a esperança do mercado em ver esse afrouxamento da política monetária na reunião de junho. Isso, claro, enfraqueceu o dólar e abriu espaço para ativos de risco, como o bitcoin”, disse Beto Fernandes.

No que ficar de olho para o bitcoin essa semana?

Apesar do otimismo de especialistas para o preço do bitcoin, que pode chegar a US$ 150 mil ainda este ano de acordo com analistas do Standard Chartered, no curto prazo é preciso atenção.

Fernando Pereira, da Bitget, afirmou em sua análise que um fechamento abaixo de US$ 69 mil para o bitcoin esta semana pode trazer novos movimentos negativos de correção.

“Um ponto muito importante para ficar de olho é no fechamento do bitcoin neste domingo, que marcará não apenas o gráfico semanal como também o mensal, e até agora nós nunca vimos um fechamento acima dos US$ 69 mil. Caso falhemos novamente nessa tentativa, uma correção mais agressiva pode se iniciar no bitcoin na semana que vem”, disse Fernando Pereira.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Nem tudo é otimismo: especialistas questionam impacto do halving no preço do bitcoin
Future of Money

Nem tudo é otimismo: especialistas questionam impacto do halving no preço do bitcoin

Há 5 horas

Bitcoin terá "evento do ano": especialistas veem halving com otimismo e projetam disparada de preço
Future of Money

Bitcoin terá "evento do ano": especialistas veem halving com otimismo e projetam disparada de preço

Há 5 horas

Brasil vai colher frutos por liderar regulação de cripto na América Latina, diz executiva da Ripple
Future of Money

Brasil vai colher frutos por liderar regulação de cripto na América Latina, diz executiva da Ripple

Há 6 horas

Mineração de bitcoin atinge maior dificuldade da história antes do halving
Future of Money

Mineração de bitcoin atinge maior dificuldade da história antes do halving

Há 7 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais