Future of Money

Bitcoin despenca para US$ 63 mil e ETFs têm 5º pregão consecutivo de saídas: o que está acontecendo?

Momento do mercado cripto preocupa investidores, apesar de recentes notícias positivas; descubra as perspectivas de um especialista no setor

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 21 de junho de 2024 às 10h59.

Última atualização em 21 de junho de 2024 às 11h11.

Tudo sobreBitcoin
Saiba mais

Nesta sexta-feira, 21, o bitcoin caminha para o encerramento de uma semana marcada por um movimento de correção no preço. Movimentando cerca de US$ 69,4 bilhões nas últimas 24 horas, o mercado cripto tem seus principais ativos sendo negociados no vermelho.

No momento, o bitcoin é cotado a US$ 63.578, com queda de 2,8% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. Nos últimos trinta dias, a principal criptomoeda do mercado despencou 10,3%, mas ainda acumula alta de 50% desde o início do ano.

O que está acontecendo com o bitcoin e as criptomoedas?

"O mercado de criptoativos continua exibindo uma tendência de realização de lucros, evidenciada pelos dados consecutivos de outflows nos ETFs de bitcoin à vista, que ontem, 20, marcaram o quinto pregão seguido de saídas de capital”, explicou João Galhardo, analista de research da Mynt, plataforma de criptoativos do BTG Pactual.

No entanto, nem tudo é pessimismo, segundo o especialista. Ao longo deste ano, o mercado de criptoativos teve diversas notícias positivas que ainda podem impactar positivamente a cotação de seus ativos.

“Contudo, observamos desenvolvimentos positivos no mundo cripto, destacando-se o recente encerramento da investigação da SEC sobre a Ethereum na terça-feira, 18, e os esforços da 3iQ, gestora de ativos digitais, para listar o primeiro instrumento com exposição à vista de SOL na América do Norte”, acrescentou ele à EXAME.

“Adicionalmente, as recentes liquidações de centenas de milhões de dólares, ocorridas durante as quedas da última semana, contribuíram para a desalavancagem do mercado, melhorando sua saúde e possibilitando valorizações mais fundamentadas e menos especulativas. Essa confluência de fatores sugere um cenário otimista para o mercado de criptoativos no segundo semestre de 2024”, concluiu Galhardo.

No momento, o Índice de Medo e Ganância sinaliza “ganância” em 63 pontos, demonstrando um otimismo por parte de investidores.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosBitcoin

Mais de Future of Money

Investidor de criptomoeda meme de Biden perde US$ 8 milhões, mas "temporada de memecoins" persiste

Brasil recua R$ 9,5 milhões em investimentos de fundos de criptomoedas

SEC autoriza lançamento de primeiros ETFs de Ethereum nos EUA

Investidores do bitcoin ainda não precificaram possível vitória de Trump, diz gestora

Mais na Exame