Binance congela saques de dogecoin e cria problema para investidores

Usuários da Binance afirmam que a corretora de criptomoedas não está permitindo que eles façam qualquer saque até que retornem unidades de dogecoin que não possuem mais

A Binance suspendeu temporariamente os saques da criptomoeda dogecoin (DOGE) após uma atualização, afirmou a empresa na última quinta-feira, 11.

“Descobrimos um pequeno problema com saques da rede DOGE na Binance após realizar uma atualização em 10/11/2021”, disse a Binance em uma publicação na manhã de quinta, sem especificar qual era o “pequeno problema”. “Como resultado, suspendemos temporariamente os saques da rede DOGE até que esse problema seja resolvido. A Binance está trabalhando ativamente com a equipe do projeto DOGE para resolver o problema”.

Mas a atualização parece ter criado problemas significativos para alguns de seus usuários, que afirmam que a corretora de criptomoedas primeiro iniciou o saque de dogecoin sem o seu consentimento, e agora está pedindo a esses usuários que devolvam unidades do ativo que eles não possuem em suas contas da Binance.

Capturas de tela compartilhadas por vários usuários mostram que a Binance pediu que eles retornassem as moedas DOGE para a corretora, ou então a função de saque permaneceria desativada. Mas os usuários afetados disseram que não tinham nenhuma DOGE em suas contas da Binance para devolver.

Em uma publicação na última quinta-feira, 11, por uma conta do Twitter que representa os desenvolvedores da dogecoin, eles explicaram que as transações iniciais de saque parecem ter sido tentativas de acompanhamento para realizar transações solicitadas de anos atrás que estavam "travadas" devido a "taxas insuficientes".

A atualização da rede Dogecoin iniciada há poucos dias parece ter acionado essas transações antigas, de acordo com a publicação. A página do github da atualização diz que a atualização finalizou “uma nova recomendação de taxa mínima” para todos os participantes da rede; os desenvolvedores, portanto, acreditam que as transações que travaram parecem ter sido tentadas novamente, mesmo quando os usuários não possuem mais as moedas.

Os desenvolvedores da Dogecoin alegaram que tentaram colaborar com a Binance quando a corretora entrou em contato pela primeira vez há um ano sobre as "transações travadas", mas "não foram notificados se [a Binance] seguiu ou não" suas instruções para corrigir o problema.

A Binance não respondeu aos pedidos por mais informações sobre o assunto.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também