Bank of America aprova negociação de futuros de bitcoin para clientes

Clientes estão no processo de adaptação e alguns já estão utilizando a nova modalidade, de acordo com fonte

O Bank of America, segundo maior banco dos Estados Unidos, aprovou negociações de bitcoin no mercado futuro para alguns clientes, de acordo com duas pessoas que possuem conhecimento do fato e que falaram na condição de anonimato.

Como a maioria das instituições, o banco se manteve conservador no seu modo de lidar com o setor de criptomoedas, mas, considerando a grande quantidade de margem necessária para negociar os futuros, agora está permitindo que alguns clientes acessem o mercado cripto, disse uma das fontes. Determinados clientes estão se preparando para negociar contratos futuros de bitcoin, que são liquidados financeiramente, e um ou dois já devem estar operando a nova modalidade, disse a outra fonte.

Um número considerável de bancos de investimento está permitindo que seus clientes invistam em produtos de cripto. Em março, o Goldman Sachs confirmou seus planos de relançar sua mesa de negociação de criptomoedas depois de um hiato de três anos, e, em maio, o banco de investimento começou a comprar e vender futuros de bitcoin na Bolsa de Chicago (CME).

O Bank of America irá também utilizar futuros do CME, de acordo com uma das fontes. O banco se recusou a comentar o assunto.

No início do mês, veio à tona que o banco localizado em Charlotte, na Carolina do Norte, havia criado um time dedicado à pesquisa de criptomoedas e tecnologias relacionadas. Em 2018, o Bank of America bloqueou seus consultores financeiros e clientes de negociar investimentos relacionados ao bitcoin, mas essa política agora mudou.

Os futuros de bitcoin da CME foram lançados em 2017. Em maio, o grupo lançou seus futuros de “Micro Bitcoin”, em uma tentativa de capitalizar sobre a alta de preços do bitcoin.

No começo deste ano, a CME obteve um lugar privilegiado na lista das maiores plataformas de negociação de futuros de bitcoin, indicando uma crescente alta na participação institucional.

O total em aberto no mercado de negociações futuras de bitcoin está em 11,3 bilhões de dólares, 59% a menos que seu pico de 27,3 bi em 13 de abril, de acordo com a Arcane Research.

Texto traduzido e republicado com autorização da Coindesk

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também