Future of Money
Acompanhe:

Banco na Suíça é o primeiro do mundo a tokenizar as próprias ações

Cité Gestion fechou uma parceria com a tokenizadora Taurus e operação foi realizada no blockchain Ethereum

Empresa espera que tokenização de ativos ganhe força em 2023 (Getty/Getty Images)

Empresa espera que tokenização de ativos ganhe força em 2023 (Getty/Getty Images)

J
João Pedro Malar

24 de janeiro de 2023, 11h46

O Cité Gestion anunciou nesta terça-feira, 24, que se tornou o primeiro banco privado do mundo a tokenizar as suas próprias ações. A operação, que envolve a criação de um contrato inteligente e a ligação desses ativos à tecnologia blockchain, foi realizada pela Taurus, uma empresa especializada na tokenização de ativos de bancos.

O banco, sediado na Suíça, não informou se todas as suas ações foram tokenizadas. De acordo com um comunicado da Taurus, a operação seguiu as regras da CMTA, uma organização suíça que busca promover o uso de novas tecnologias no mercado de capitais.

O contrato inteligente usado para realizar a tokenização foi criado pela CMTA e é dedicado especificamente à tokenização de valores mobiliários. Ele foi lançado no blockchain Ethereum, onde a operação ficou registrada, e é público. A Taurus ficará responsável por gerenciar o contrato e os ativos.

Para o vice-presidente do Cité Gestion Christophe Utelli, há um "enorme potencial de racionalização e ganhos de eficiência que a tecnologia de contabilidade distribuída oferece neste campo [do mercado de capitais]", se referindo à tecnologia por trás do processo de tokenização.

Utelli disse ainda que "foi importante para o nosso banco estar entre os primeiros a aproveitar as novas possibilidades oferecidas pela lei suíça para a digitalização de valores mobiliários ao tokenizar nossas próprias ações".

A tokenização - uma forma de incluir ativos nas redes blockchains - ganhou popularidade nos últimos anos devido às vantagens do processo. A transformação oferece mais segurança e rastreabilidade para transações envolvendo esses ativos, e pode ser feita de forma simples e barata.

Sebastien Dessimoz, um dos fundadores da Taurus, avalia que "2023 marcará uma mudança radical no setor e estamos prontos para apoiar empresas privadas a fazerem a mudança [tokenização]". Em 2022, a empresa realizou a tokenização de valores mobiliários de 15 companhias.

A empresa destacou ainda no comunicado sobre a operação que acredita que a digitalização de ativos privados e de valores mobiliários vai se tornar "o novo padrão na indústria de ativos digitais".

Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok