Banco digital recebe autorização de agência reguladora no Reino Unido para oferecer criptoativos

Revolut oferece mais de 80 criptoativos para seus clientes, e já tinha obtido uma licença temporária da FCA
Banco digital terá licença da FCA para oferecer criptoativos (AFP/AFP)
Banco digital terá licença da FCA para oferecer criptoativos (AFP/AFP)
J
João MalarPublicado em 27/09/2022 às 14:56.

O banco digital Revolut recebeu na segunda-feira, 26, uma licença definitiva da agência reguladora do mercado financeiro do Reino Unido, a FCA, para oferecer opções de investimento em criptoativos para seus clientes no país.

Atualmente, a Revolut possui mais de 20 milhões de clientes pessoa física. O banco atua em mais de 200 países e regiões, e oferece opções de investimentos em mais de 80 criptoativos.

A Revolut havia obtido uma licença temporária da Autoridade de Conduta Financeira (FCA, na sigla em inglês) para oferecer ativos digitais.

A permissão venceu no fim de março, com uma extensão mais restrita concedida ao banco e outras quatro empresas.

(Mynt/Divulgação)

A licença definitiva foi a primeira emitida para uma das cinco companhias com permissões temporárias. Agora, ela se junta a outras 37 empresas já autorizadas pela FCA para oferecer investimentos em criptoativos.

Pelas regras da FCA, empresas que recebem a liberação precisam seguir medidas previstas em regulações do Reino Unido sobre lavagem de dinheiro, financiamento de terrorismo e transferência de fundos

Com a liberação, os clientes da Revolut que investirem em criptoativos poderão enviar reclamações para agências reguladoras e podem ter acesso a compensações caso a empresa entre em falência, dependendo do segmento onde o dinheiro do cliente estava depositado.

O aplicativo da Revolut permite que os usuários comprem, vendam e enviem criptomoedas, com opções de investimento a partir de US$ 1.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok