Ator premiado de Hollywood perde mais de R$ 4 milhões em NFTs após golpe

Criador da animação "Frango Robô" e conhecido por participar de produções como "Uma Família da Pesada", "Guardiões da Galáxia" e vários outros teve quatro NFT roubados
Ataques contra donos de NFTs buscam tokens cujos valores podem chegar à casa dos milhões (Getty Images/Jasmin Merdan)
Ataques contra donos de NFTs buscam tokens cujos valores podem chegar à casa dos milhões (Getty Images/Jasmin Merdan)
Por Gabriel RubinsteinnPublicado em 18/05/2022 14:28 | Última atualização em 18/05/2022 14:28Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O ator, dublador, produtor, roteirista e diretor de Hollywood, Seth Green, anunciou ter sido vítima de um golpe com NFTs que lhe causou um prejuízo de US$ 850 mil, ou mais de R$ 4 milhões.

(Mynt/Divulgação)

Seth Green ficou conhecido por ter dado voz e interpretado personagens famosos do cinema e da televisão nos EUA, com um currículo que inclui produções famosas como "Uma Família da Pesada", "Guardiões da Galáxia", "Austin Powers" e, principalmente por ter criado a animação adulta "Frango Robô", pela qual ganhou diversos prêmios.

“Bom, amigos, aconteceu comigo. Caí em um golpe de phishing e quatro NFTs foram roubados. Por favor não comprem ou negociem esses NFTs enquanto eu tento resolver tudo. DarkWing84 [nome de usuário citado na mensagem], parece que você comprou uma dos meus NFTs roubados, fale comigo para podermos resolver essa situação”, publicou o ator nas redes sociais (abaixo).

Na maior plataforma de negociação de NFTs do mundo, a OpenSea, os ítens roubados tinham histórico de preço que, somados, ultrapassavam os US$ 854 mil dólares. Entre os tokens roubados, estão dois Mutant Ape Yacht Club, um Doodle e uim Bored Ape Yacht Club, a maior, mais cara e mais popular coleção de NFTs do mundo atualmente.

Os ataques de phishing são um método antigo e relativamente simples de golpe. Os criminosos enviam emails ou mensagens se passando por um banco, plataforma ou outra empresa com a qual a vítima tenha relação e, assim, conseguem roubar credenciais de acesso. No Brasil, se tornou comum o uso de emails e sites falsos que se passam por instituições financeiras.

No caso dos NFTs, os ataques de phishing também são relativamente comuns. Em fevereiro, hackers se aproveitaram de uma atualização da OpenSea para enviar emails falsos aos colecionadores de tokens não-fungíveis, fazendo com que muitos transferissem seus NFTs para outras carteiras. Ao todo, quase US$ 2 milhões em NFTs foram roubados na época.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok