Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

A Ethereum concluiu há pouco mais de um mês a atualização Shanghai, que permitiu pela primeira vez o saque de ethers bloqueados na rede. Desde então, o blockchain contrariou investidores mais pessimistas e conseguiu não apenas manter seus validadores como também aumentar o interesse de usuários na atividade. Dados mostram que, atualmente, a fila para se tornar um validador tem um tempo médio de espera de mais de 30 dias.

Dados reunidos pelo site CoinDesk mostram que, atualmente, um usuário interessado em se tornar um validador da rede precisa esperar cerca de 640 horas, ou 26 dias, para o processamento do depósito de ether. O depósito se tornou uma exigência para assumir a atividade após a atualização The Merge, em setembro de 2022, que introduziu a prova de participação (proof-of-stake) como mecanismo de consenso).

Ao mesmo tempo, a fila para retirada de ethers depositados está significativamente menor, com um tempo de espera para processamento da operação de menos de 1 minuto. Os dados mostram que o interesse na atividade aumentou após a Shanghai, com poucas saídas.

Além disso, cerca de 50 mil usuários estão nesse momento esperando a aprovação de depósitos para que eles possam entrar na Ethereum como validadores. Quanto maior o número de validadores, maior é a segurança na rede, dificultando transações falsas ou tentativas de alteração.

Atualmente, a média de recompensa anula para os validadores é de 5% de "juros" ao ano, considerando a quantidade de ether que é dada como recompensa pelas validações realizadas. Para analistas, a fila de espera é composta tanto por novos validadores quanto antigos que saíram dela para testar o funcionamento do sistema de saques.

Matt Leisinger, cofundador do protocolo de staking líquido Alluvial, destacou que, após a atualização da Ethereum, "uma quantidade significativa de pressão de demanda foi exercida por validadores que tinham depósitos há mais de 18 meses e aparentemente quereriam sair de sua posição".

"Desde então, essa demanda diminuiu à medida que todos os participantes saíram de suas posições e agora estamos vendo um aumento na demanda por depósitos, que podemos inferir que vêm de novos participantes entrando no mercado pela primeira vez", avaliou.

Ethereum vai subir mais após atualização?

Dados anteriores também mostraram que a maior parte dos saques de ethers foram das unidades da criptomoeda concedidas como recompensa, e não as depositadas, mostrando a manutenção do interesse de validadores. Além disso, o maior saque foi da corretora de criptomoedas Kraken, que foi obrigada a encerrar seu serviço de staking após ações da SEC, obrigando seus investidores a procurar outras formas de depositar ether no blockchain.

A plataforma de inteligência de mercado Nansen divulgou que, na semana passada, 200 mil ethers foram depositados na Ethereum. Recentemente, o volume de depósitos no blockchain também superou o de saques pela primeira vez desde a concretização da atualização Shanghai.

Atualmente, 19 milhões de ethers estão bloqueados no blockchain, representando cerca de 15% da oferta total da criptomoeda. Para analistas, o sucesso do sistema de saques ajuda o preço do ativo ao tornar a rede mais segura e reduzir a oferta em circulação do token.

Sabia que você pode investir em bitcoin, ether, polkadot e muitas outras moedas digitais direto no app da Mynt? Comece com R$ 100 e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Clique aqui para abrir sua conta gratuitamente.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

ver mais
ChatGPT completa 6 meses e mostra potencial e desafios da inteligência artificial
Future of Money

ChatGPT completa 6 meses e mostra potencial e desafios da inteligência artificial

Há 12 horas
Regulação no Canadá faz empresas de cripto saírem do país; risco existe no Brasil?
Future of Money

Regulação no Canadá faz empresas de cripto saírem do país; risco existe no Brasil?

Há 13 horas
Bitcoin é o ativo com maior valorização nos últimos 10 anos, aponta estudo
Future of Money

Bitcoin é o ativo com maior valorização nos últimos 10 anos, aponta estudo

Há 14 horas
Mercedes-Benz vai lançar coleção de NFTs criados com inteligência artificial
Future of Money

Mercedes-Benz vai lançar coleção de NFTs criados com inteligência artificial

Há 15 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais