Future of Money

2º maior fundo de private equity do mundo mira empresa de NFTs e metaverso

Se aporte for confirmado, KKR deve levar o valuation da Animoca Brands, investidora do OpenSea e Axie Infinity, para US$ 5 bilhões — o dobro de três meses atrás

A empresa já tem George Soros entre seus investidores (MR.Cole_Photographer/Getty Images)

A empresa já tem George Soros entre seus investidores (MR.Cole_Photographer/Getty Images)

O KKR, segundo maior fundo de private equity do mundo, com mais de US$ 230 bilhões sob gestão, está em tratativas para investir na Animoca Brands, empresa de Hong Kong que investe em projetos relacionados à tecnologia blockchain, especialmente NFTs e metaverso. A informação foi divulgada pela Bloomberg e, caso o aporte seja concretizado, o negócio colocaria o valuation da Animoca em US$ 5 bilhões.

Fundada em 2014 por Yat Siu, a Animoca desenvolve games baseados em blockchain, mas também atua como venture capital (investimento em startups), com mais de 150 empresas no portfólio, tais como o marketplace de NFTs OpenSea e o protocolo Polygon. A empresa também tem no seu portfólio o jogo play-to-earn Axie Infinity e a Dapper Labs, responsável pelo NBA Top Shots,

A Animoca já tem entre seus investidores George Soros — um dos maiores investidores do mundo — e a os gêmeos Winklevoss, que entraram em uma rodada feita em janeiro, que recebeu US$ 359 milhões. Com o eventual a aporte do KKR, a captação total passaria de US$ 500 milhões.

Em outubro passado, outra rodada de US$ 65 milhões avaliou a empresa em US$ 2,2 bilhões — ou seja, a companhia dobrou de valor em apenas três meses. Segundo a Bloomberg, fontes afirmaram que outra rodada é planejada para ainda esse ano com valuation de US$ 10 bilhões.

Não é surpresa o rápido crescimento da Animoca, já que várias de suas marcas têm sido muito bem sucedidas. A própria OpenSea recentemente foi avaliada em US$ 13,3 bilhões. O mercado cripto, aliás, tem visto várias empresas do setor atingindo valorizações elevadas, como aconteceu recentemente com a corretora FTX, que recebeu mais US$ 400 milhões em investimentos e viu seu valor subir para US$ 32 bilhões.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptoativosCriptomoedasMetaversoNFTs

Mais de Future of Money

Análise: bitcoin tem forte recuperação e tendência é de alta

Alemanha teve lucro "sem precedentes" com venda de bitcoin, revelam autoridades

JPMorgan: ações de mineradoras de criptomoedas estão subindo mais que o bitcoin

Homem que dizia ser Satoshi Nakamoto, o criador do bitcoin, confessa que mentiu

Mais na Exame