Talk Show EXAME IN: como o Enjoei virou um negócio que movimenta R$ 100 milhões por mês

A fundadora Ana Luiza McLaren conta a história por trás da startup que fez o IPO mais sexy da pandemia
Ana Luiza McLaren durante gravação do talk show no estúdio da EXAME (Exame/Reprodução)
Ana Luiza McLaren durante gravação do talk show no estúdio da EXAME (Exame/Reprodução)
G
Graziella Valenti

Publicado em 22/08/2022 às 16:06.

Última atualização em 22/08/2022 às 16:13.

“Eu e o Tiê viemos do mundo do e-commerce. Sempre tivemos muita vontade de transformar esse setor. Eu queria ver coisa linda na internet, como tem quando as pessoas vão ao shopping, que existe um cuidado com as vitrines.” Esse é o começo da história do Enjoei (ENJU3), que a fundadora e chairman Ana Luiza McLaren contou no talk show do EXAME IN: sobre como ela e o marido, Tiê Lima, CEO da plataforma, começaram o negócio a partir de um Blog.

O Enjoei tem dez anos desde que ganhou CNPJ e a plataforma já movimenta em vendas mais de R$ 100 milhões ao mês, com 1 milhão de compradores e 1 milhão de vendedores. Esse agito no ‘second hand’ gerou uma receita líquida de R$ 37,5 milhões entre abril e junho. O que começou como um blog recebeu o cadastro de 4 milhões de itens no segundo trimestre — cada vez mais concentrado em moda.

Enquanto fazia o road show para a abertura de capital, que aconteceu em dezembro de 2020, a Analu, como é chamada, se deparou com um desafio: definir o Enjoei. Não era só “second hand”, nem recirculação, nem brechó online. Hoje, está claro na cabeça da empresária o que é a plataforma. “O produto final do Enjoei é o movimento. Porque nós temos a capacidade de fazer com que as coisas que não estão em uso, ganhem uso. A gente movimenta ela, com frete, etiqueta, manuseio”, diz, do jeito apaixonado que fez dela uma sensação na época da oferta pública inicial (IPO) — todo mundo no mercado queria conhecer e falar com Ana Luiza McLaren.

Depois do gás que conquistou com os recursos da oferta pública, o Enjoei caminha para o break-even, ou seja, o equilíbrio das contas, entre fim de 2023 e começo de 2024. Essa é a orientação que Tiê tem transmitido aos investidores. A plataforma chegou com investidores estrelados na base, de casas que se tornaram sócias com rodadas ne venture capital, como Monashees, Bessemer, Dynamo, entre outras. Agora, conquistou outros acionistas ilustres, que seguem firme a despeito do movimento global de se desfazer de ativos cuja perspectiva de lucro está no futuro, as startups, como as casas Absoluto e Sharp.

Além da Analu, já estiveram no programa, Miguel Gularte, CEO da Marfrig para América Latina, Jeane TsuTsui, presidente do Fleury, Roberto Fulcherberguer, presidente da Via, dona das Casas Bahia, Cesario Nakamura (Alelo), Roberto Funari (Alpargatas), Abilio Diniz (GPA), Felipe Miranda (Empiricus), Eduardo Mufarej (GK Ventures), Augusto Lins (Stone), Rodrigo Abreu (Oi), Cláudia Woods (WeWork), Dennis Herszkowicz, (Totvs), Daniel Silveira (Avon), Túlio Oliveira (Mercado Pago) e Carlos Brandão (Iguá Saneamento). Também passaram pela mesa de conversa do programa Marcelo Barbosa, presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM),  Daniel Castanho, fundador e presidente do conselho de administração da Ânima Educação, Daniel Peres, fundador da Tropix, um market-place de NFTs de arte digitais, para destrinchar o metaverso, Ricardo Mussa, presidente da Raízen,  Ricardo Faria, o empresário que é o maior emergente do setor de agronegócios do país, e Cristina Andriotti, CEO da Ambipar Environment. E no ano passado, ainda os fundadores da OpenCo, Sandro Reiss e Rafael Pereira, e o presidente do conselho de administração da GP Investimentos e da G2D, Fersen Lambranho.

O programa recebe grandes personalidades do mundo corporativo e financeiro para um bate-papo descontraído sobre os principais desafios, aprendizados e oportunidades do mercado brasileiro em suas áreas de atuação. Os episódios podem ser conferidos no canal da EXAME no Youtube e também no Spotify.

O que é o EXAME IN

O programa vem para complementar a produção de conteúdos do EXAME IN, a butique digital de notícias de negócios da EXAME e que conta também com uma newsletter desde março de 2020 (increva-se grátis para receber no email). Comandada por Graziella Valenti, a newsletter tem o objetivo de fornecer acesso a informações sobre mercado de capitais, negócios e startups.