Saiba por que Gisele e Tom Brady raramente comem tomates

O chef de cozinha particular do casal contou como é a dieta restrita da família e porque eles quase não consumem alimentos a base de tomate

São Paulo – O chef de cozinha particular da modelo Gisele Bündchen e do jogador de futebol americano Tom Brady revelou como é a dieta alimentar do casal. Em entrevista ao site Boston.com, Allen Campbell contou que um alimento foi parcialmente eliminado do cotidiano da família: o tomate.

De acordo com o chef, tanto o tomate quanto o cogumelo causam inflamação e, por isso, não são consumidos. “Os tomates são usados de vez em quando, talvez uma vez por mês.”

Alguns alimentos como tomate, beringela, pimentão e batata inglesa são da família das solanáceas. Eles contém algumas substancias tóxicas, entre elas a solanina, um alcaloide que funciona como um mecanismo de defesa para a planta.

No entanto, nos seres humanos, essa substância pode causar efeitos prejudiciais no trato gastrointestinal se consumidos em excesso. Desse modo, pessoas com pré-disposição genética à inflamação do intestino ou das juntas devem evitar ingerir alimentos com solanina.

Dieta restrita

Ainda segundo o chef, a alimentação de Brady e Gisele é composta, basicamente, de vegetais. “80% do que eles comem é vegetal. Eu sempre compro legumes frescos. Se não forem orgânicos, eu não uso. E cereais integrais: arroz integral, quinoa, milho, feijão”, afirmou Campbell. O restante da alimentação é constituída de carnes magras, como salmão e frango.

Além dos alimentos precisarem ser 100% orgânicos, há outros produtos que não entram na dieta de Gisele e Brady, como cafeína, açúcar branco e laticínios. “Sem açúcar branco. Sem farinha branca. Eu nunca cozinho com azeite de oliva. Eu só cozinho com óleo de coco”, conta o chef.

Campbell também afirmou que os filhos do casal compartilham de sua dieta. “90% de tudo o que eles [as crianças] comem é a mesma coisa. Eu cozinho para as crianças, mas é a Gisele quem faz o almoço de Benny para levar para a escola. Ela mesmo embala”, explica.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.