Novela portuguesa com traços brasileiros conquista Emmy

Produção premiada foi feita com a parceria entre a emissora lusa SIC e a brasileira TV Globo. Premiação teve a presença de Lady Gaga

Nova York – A produção portuguesa ‘Laços de Sangue’, fruto de uma parceria entre a emissora lusa SIC e a brasileira TV Globo, venceu nesta segunda-feira em Nova York o prêmio Emmy na categoria de Melhor Novela.

O prêmio da 39ª entrega anual do Emmy também era disputado pela novela brasileira ‘Araguaia’ (TV Globo), pela argentina ‘Contra las Cuerdas’ e pela filipina ‘Precious Hearts Romances presents: Impostor’.

Apesar da colaboração brasileira em ‘Laços de Sangue’, é Portugal que fatura o prêmio pela novela. Nenhuma das candidaturas oficiais do Brasil ganhou neste ano, embora o país tenha tido o segundo maior número de indicações, atrás somente do Reino Unido, que, com cinco estatuetas, foi o grande vencedor da cerimônia.

A série britânica ‘Accused’, que antes nem estava na lista das produções candidatas, levou o prêmio na categoria Melhor Drama. Também da Grã-Bretanha, ‘The World’s Strictest Parents’ ganhou como Melhor Programa Não-Ficcional e ‘Gareth Malone Goes to Glyndebourne’ foi eleito o Melhor Programa Artístico.

O Reino Unido fez dobradinha nas categorias de interpretação. O prêmio de Melhor Ator foi para Christopher Eccleston, um dos protagonistas de ‘Accused’, enquanto Julie Walters (da saga ‘Harry Potter’) faturou como Melhor Atriz por seu papel em ‘MO’.

Já a cobiçada categoria Melhor Minissérie ou Telefilme foi para a produção sueca ‘Millennium’, adaptação televisiva da trilogia literária do escritor Stieg Larsson.

Representante oficial da América Latina, o programa chileno ‘Con Qué Sueñas?’ venceu o Emmy na categoria Melhor Programa Infanto-Juvenil, enquanto o programa de câmera escondida belga ‘Benidorm Bastards’ ganhou como Melhor Comédia. Na categoria Melhor Documentário, triunfou o canadense ‘Life With Murder’.

A cerimônia de entrega dos prêmios foi apresentada pelo ator Jason Priestley e contou com a presença da cantora Lady Gaga, que atraiu os holofotes com seu ousado vestido preto e óculos escuros. Ela homenageou o criador de ‘American Idol’, Nigel Lythgoe, a quem chamou de seu ‘produtor favorito’.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.