Jorge Vercillo e Ronaldinho Gaúcho criticam política brasileira em música

Música gravada no encontro inusitado entre o cantor e o ex-jogador de futebol fala de São Jorge, corrupção e lei do retorno

Com a parceria de Ronaldinho Gaúcho na percussão e segunda voz, Jorge Vercillo lançou no fim de abril a música “Garra”, em que critica o sistema político brasileiro e diz que corruptos, no fim das contas, vão ter que pagar as contas com São Jorge. Além do santo católico, a letra fala sobre justiça e lei do retorno.

O encontro inusitado entre o ex-jogador de futebol e cantor de MPB rendeu um clipe. A música segue a linha do estilo melódico de Jorge Vercillo, mas tem a parte final cantada em rap por Ronaldinho Gaúcho.

Em um dos trechos, a letra diz: “Ai de quem desvia dinheiro público/ Ai de quem só governa em causa própria/ Que jogo sujo/ Ai de quem tira o sustento de nossos pais/ É tanta maldade junta /Mas isso tem que acabar / Isso vai ter que acabar”.

Em 2018, Ronaldinho Gaúcho apoiou a então candidatura do presidente Jair Bolsonaro, o que provocou sua retirada da lista de embaixadores do clube espanhol Barcelona.

Veja o clipe

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.