Jogador é liberado após ser acusado de agredir jornalista

O meia, que teve boa atuação na derrota de ontem diante da Argentina por 2 a 1, teve, aparentemente, uma discussão com a repórter que tentou entrevistá-lo

Santiago do Chile – O jogador da seleção chilena Gary Medel ficou livre nesta quarta-feira após ser detido por várias horas no aeroporto de Santiago para dar sua versão à acusação de ter agredido uma jornalista, informou a Polícia do Chile.

“Medel ficou livre depois que um procurador comprovou que a jornalista Natalie Marambio, de um programa de fofoca da televisão, não sofreu nenhum tipo de lesão, como ela denunciou”, disse o porta-voz da polícia.

O jogador foi retirado do avião que o levava outra vez à Espanha, onde defende o Sevilla, após enfrentar a Argentina na terça-feira em partida das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014, e permaneceu várias horas detido até que um procurador lhe interrogou e constatou que a pessoa que o denunciou não sofreu lesões.

O meia, que teve boa atuação na derrota de ontem diante da Argentina por 2 a 1, teve, aparentemente, uma discussão com a repórter que tentou entrevistá-lo.

De acordo com os testemunhos de outros jornalistas, Medel se negou a falar com a jornalista e perante a insistência da profissional, o jogador aparentemente lhe empurrou com força. 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.