David Lynch não irá dirigir novos episódios de “Twin Peaks”

O criador da série afirmou que o canal que está produzindo os novos episódios não ofereceu dinheiro suficiente

Meses após anunciar que a cultuada série de ficção-científica Twin Peaks iria voltar à televisão, seu diretor e criador David Lynch afirmou no domingo (5) que não irá participar dos novos episódios.

Em seu perfil no Twitter, Lynch afirmou que está deixando a minissérie pois o canal de televisão Showtime, que está produzindo os novos episódios, não teria oferecido dinheiro suficiente para “fazer o roteiro da maneira que eu sentia que deveria ser feita.”

 

After 1 year and 4 months of negotiations, I left because not enough money was offered to do the script the way I felt it needed to be done.

— David Lynch (@DAVID_LYNCH) April 5, 2015

 

 

Logo após o anúncio, especulou-se que o Showtime teria cancelado à série. Mas Lynch afirmou que o canal ainda “não desligou os aparelhos” da nova versão de Twin Peaks, que poderá continuar sem ele.

O Showtime lamentou a saída de David Lynch em um comunicado oficial, mas não descarta a volta do diretor para o reboot de Twin Peaks.

Com o ator Kyle MacLachlan reprisando o papel do protagonista, o agente especial Dale Cooper, a série deveria estrear em 10 de junho de 2016, mesmo dia em que Laura Palmer disse a Cooper que iria reencontrá-lo, no final da última temporada em 1991.