Criador do Minecraft compra mansão por US$ 70 milhões

Markus Persson comprou uma mansão de oito quartos e 15 banheiros em Beverly Hills, Califórnia

Los Angeles – Markus Persson, o sueco que criou o videogame Minecraft, comprou uma mansão de oito quartos e 15 banheiros em Beverly Hills, Califórnia, por US$ 70 milhões.

O preço é um recorde para o bairro, de acordo com Sally Forster Jones, corretora de Persson e presidente da Aaroe International Luxury Properties em Beverly Hills.

Persson, que vendeu sua empresa, Mojang AB, à Microsoft Corp. por US$ 2,5 bilhões em setembro, viu pela primeira vez a casa de 2.100 metros quadrados há cerca de um mês, disse ela.

Persson, 35, pagou cerca de US$ 15 milhões a menos que o preço de publicação do imóvel no início deste ano. A propriedade, que também foi visitada pelo rapper Jay Z, foi desenvolvida por Bruce Makowsky, que fez fortuna vendendo bolsas através de lojas de departamento e do canal de TV QVC. Makowsky construiu o imóvel, com vistas que vão do centro de Los Angeles ao Oceano Pacífico, sem ter um comprador definido.

Em entrevista concedida em setembro, Makowsky disse que estava contando com o interesse de bilionários estrangeiros, magnatas da tecnologia e de pessoas do mundo do espetáculo, cuja demanda por imóveis de alta gama cresceu.

“Os EUA são uma região segura para os investimentos imobiliários de compradores estrangeiros”, disse Forster Jones em entrevista por telefone.

“Mas Los Angeles também é muito, muito barata. O valor e o preço em relação a outras regiões metropolitanas internacionais fazem com que Los Angeles seja uma bagatela, embora esta seja uma grande quantidade de dólares”.

US$ 195 milhões

Pelo menos 20 residências nos EUA foram vendidas por US$ 50 milhões ou mais desde 2010, de acordo com a taxadora Miller Samuel Inc., com sede em Nova York. Atualmente, o preço mais alto solicitado nos EUA é US$ 195 milhões, pelo Palazzo di Amore, um imóvel em Beverly Hills, com 12 quartos e 23 banheiros, que pertence ao empreendedor do setor imobiliário Jeffrey Greene.

A venda da mansão Fleur de Lys por US$ 102 milhões em março foi a mais cara da cidade de Los Angeles.

A casa completamente mobiliada que Persson comprou possui sanitários de US$ 5.600 e um cinema com 18 lugares. Uma mesa de jantar para 24 pessoas possui um jogo de pratos assinado por Roberto Cavalli que está avaliado em US$ 3.700 para cada comensal. Na sala de estar, cada uma das 10 cadeiras criadas pela Bentley Motors custa US$ 56.000.

Branden Williams, corretor de imóveis da Hilton Hyland, que representou o vendedor junto com Ben Bacal, da Rodeo Realty Inc, confirmou a venda, que foi fechada ontem.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.