Vascaíno, Eduardo Paes sanciona lei e 'Dia do Flamengo' entra para o calendário oficial do Rio

Data será comemorada anualmente no dia 17 de novembro
“Ó dúvida cruel”, o vascaíno brincou (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
“Ó dúvida cruel”, o vascaíno brincou (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
A
Agência O GloboPublicado em 07/10/2022 às 17:30.

O "Dia do Flamengo", a ser comemorado anualmente no dia 17 de novembro, na cidade do Rio de Janeiro, foi aprovado, nesta sexta-feira, pelo prefeito Eduardo Paes.

“Ó dúvida cruel”, o vascaíno brincou, ao compartilhar em sua rede social um vídeo em que mostra o documento do projeto de lei junto a dois carimbos, um escrito "sanciono nesta data" e, outro, "veto integralmente". Depois, para a alegria da torcida rubro-negra, o prefeito publicou uma foto comprovando que havia, por fim, optado por sancioná-lo.

O projeto de lei foi criado em maio deste ano pelos vereadores Marcos Braz (PL), Laura Carneiro (PSD), Tânia Bastos (Republicanos), Rosa Fernandes (PSC), Dr. Marcos Paulo (PSOL) e Átila A. Nunes (PSD) e foi enviado ao prefeito no dia 20 de setembro. Marcos Braz (PL), além de vereador da capital fluminense, é também vice-presidente de futebol do Flamengo.

Marcos Braz, que omitiu o nome de Bolsonaro em propaganda, não se elegeu

LEIA TAMBÉM:

Flamengo anuncia parceria global com MoonPay, empresa focada em criptomoedas e Web3

Com todos jogadores convocados, Tite comanda treino da Seleção em Le Havre