Esporte
Acompanhe:

Usain Bolt perde quase US$ 13 milhões em fraude de fundo de investimentos

Advogado do atleta planeja levar o caso à Suprema Corte de Kingston caso Bolt não tenha dinheiro devolvido em oito dias

 (Ezra Shaw/Getty Images)

(Ezra Shaw/Getty Images)

A
Agência O Globo

Publicado em 19 de janeiro de 2023, 11h10.

Última atualização em 19 de janeiro de 2023, 11h13.

Lenda do atletismo mundial, Usain Bolt ficou chocado ao descobrir que perdeu quase US$ 13 milhões (o equivalente a R$ 61,083 milhões) de uma conta que ele tinha na empresa de investimentos Stocks and Securities Limited (SSL), com sede em Kingston, de acordo com seu advogado. Anteriormente, estimava-se que o valor era de aproximadamente R$ 68,3 milhões.

Bolt foi recentemente informado de que restavam apenas cerca de US$ 12 mil na conta, contou o advogado Linton P. Gordon, em entrevista à Bloomberg pelo telefone. A conta fazia parte da aposentadoria e poupança vitalícia de Bolt: "É uma notícia angustiante para qualquer um", comentou o advogado.

A Comissão de Serviços Financeiros da Jamaica disse na terça-feira que instalou seu próprio gerente temporário na SSL após relatos de alegações de fraude que anteriormente levaram a comissão a colocar o banco sob "supervisão reforçada". Procurada, a SSL não respondeu às ligações e e-mails da Bloomberg.

Caso pode chegar à Suprema Corte

Gordon disse que os reguladores não se comunicaram com ele ou com seu cliente. Se Bolt não ver o dinheiro devolvido em oito dias, o advogado do atleta disse que planeja levar o caso à Suprema Corte de Kingston.

Na última segunda-feira, o ex-atleta desabafou em seu Instagram: "Em um mundo de mentiras, onde está a verdade? O Mal da História? Qual é a Raiz? Dinheiro".

LEIA TAMBÉM: