Tati Weston-Webb vira bateria no Taiti e assegura vaga no WSL Finals

Brasileira superou a australiana Isabella Nichols na repescagem do campeonato mundial de surfe
 (WSL Brasil/Reprodução)
(WSL Brasil/Reprodução)
A
Agência Brasil

Publicado em 18/08/2022 às 10:22.

Última atualização em 22/08/2022 às 17:01.

Ontem, 17, foi excelente para a brasileira Tatiana Weston-Webb nas ondas de Teahupo’o (Taiti), última etapa do circuito mundial de surfe antes da grande decisão do título de 2022: o WSL Finals, na Califórnia (Estados Unidos), em setembro. Tati não só avançou às quartas de final da disputa feminina como assegurou antecipadamente uma vaga no WSL Finals, que reunirá apenas as cinco primeiras colocadas no ranking.

A brasileira se classificou às quartas da etapa Taiti Pro ao virar a bateria de repescagem contra a australiana Isabella Nichols nos 6 minutos finais. A disputa começou com ondas baixas. Já na metadeda bateria a gaúcha só havia descido uma onda, que lhe valeu apenas 1.23. Já a adversária totalizava duas notas: 3.50 e 2.67. Na reta final, Tati finalmente conseguiu uma boa onda e brilhou com manobras e rasgadas, conseguindo 4.17. Na soma final, a brasileira superou a australiana por 6.17 a 5.40.

Vice-campeã mundial no ano passado, a gaúcha de 26 anos foi a única surfista na temporada 2022 a vencer duas etapas (Portugal e na África do Sul). Terceira no ranking, com 42.610 pontos, atrás apenas da havaiana Carissa Moore (52.925) e da francesa Johanne Defay (47.610), Tati Weston-Webb precisaria chegar às semifinais em Teahupo’o para garantir presença no WSL Finals na praia de Trestles. A brasileira  poderia ser ultrapassada pela costarriquenha Brissa Hennessy, quinta no ranking (40.285), ou pela americana Lakey Peterson, na sexta posição (39.005). No entanto, as duas também avançaram hoje e irão se enfrentar nas quartas, ou seja, uma será eliminada e dará adeus ao sonho do título este ano.

A disputa masculina teve início logo após o termino da competição feminina. Líder do ranking, Filipe Toledo já está assegurado em Trestles, mas o campeão olímpico Ítalo Ferreira, atual quarto no ranking, depende apenas de sim para assegurar a quinta e última vaga no WSL Finals masculino.

Quartas de final

  • Tatiana Weston-Webb (BRA) x Caroline Marks (EUA)
  • Stephanie Gilmore (AUS) x Courtney Conlogue (EUA)
  • Carissa Moore (HAV) x Vahina Fierro (FRA)
  • Brisa Hennessy (CRC) x Lakey Peterson (EUA)