Esporte
Acompanhe:

O que Verstappen precisa para ser campeão no Japão

Holandês depende só de si, vencer e fazer a corrida mais rápida, mas há outras combinações de resultados

Max Verstappen: holandês pode garantir título no Japão (Robert Szaniszló/NurPhoto/Getty Images)

Max Verstappen: holandês pode garantir título no Japão (Robert Szaniszló/NurPhoto/Getty Images)

A
Agência O Globo

8 de outubro de 2022, 11h24

O holandês Max Verstappen (RBR) pode ser bicampeão neste domingo, no GP de Suzuka, no Japão. Para garantir o título, ele precisa apenas de si. Caso vença a corrida e também crave a volta mais rápida, não há nada que os demais pilotos possam fazer para impedir que o piloto leve o título para casa. Porém, mesmo que ele não vença, há outras combinações de resultados que podem fazer com que ele seja campeão.

Verstappen lidera o campeonato com 341 pontos, seguido por Charles Leclerc (Ferrari), que tem 237 pontos.

Assine a EXAME por menos de R$ 0,37/dia e acesse as notícias mais importantes do Brasil em tempo real.

Caso Verstappen vença a corrida e não faça a corrida mais rápida, Leclerc precisa ao menos chegar em terceiro para o holandês ser campeão.

Caso o piloto da RBR chegue em segundo (com a volta mais rápida), seu adversário precisa ser no máximo 5º colocado. Caso chegue em segundo, sem a volta mais rápida, Leclerc precisa marcar essa volta e chegar da 5ª posição para baixo.

Mesmo que chegue até a sexta posição, há possibilidades do holandês ser campeão. Neste caso, basta que Leclerc não pontue.

LEIA TAMBÉM

Fórmula 1: veja os horários e onde assistir ao GP do Japão