Esporte
Acompanhe:

Maldição do 7x1? Alemanha não avança de fase em uma Copa do Mundo desde título no Brasil

Esta é a segunda Copa do Mundo consecutiva que a Alemanha é eliminada na primeira fase

 (Serhat Cagdas/Anadolu Agency/Getty Images)

(Serhat Cagdas/Anadolu Agency/Getty Images)

A
André Martins

1 de dezembro de 2022, 19h06

A Alemanha venceu a Costa Rica por 4 a 2 nesta quinta-feira, 1º, mas foi eliminada da Copa do Mundo do Catar na fase de grupos. Com a derrota na estreia para o Japão e empate com a Espanha, os alemães ficaram fora das oitavas de final pelo critério do saldo de gols.

A Alemanha estava no grupo E com Espanha, Costa Rica e Japão. Esta é a segunda Copa do Mundo consecutiva que a Alemanha é eliminada na primeira fase. O triunfo aliviou o retrospecto recente, já que a seleção europeia venceu apenas dois jogos em Copa desde a final contra a Argentina no Maracanã em 2014.

Em seis partidas, foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Os alemães marcaram oito gols e levaram nove. No Mundial de 2018, a Alemanha perdeu da Coreia do Sul e México e venceu a Suécia. O novo vexame coloca a geração campeã de 2014 na berlinda. Jogadores como o goleiro Neuer e o atacante Thomas Muller devem ter disputado sua última Copa do Mundo.

"Maldição" das seleções que eliminam o Brasil

A Alemanha não é a única seleção que sofreu depois que eliminou a seleção brasileira em uma Copa do Mundo. Desde a Copa de 1998, seleções que eliminam o Brasil não passam da fase de grupos na edição seguinte. A única seleção que conseguiu se livrar da suposta maldição foi a Holanda, que eliminou o Brasil em 2010 e foi terceira colocada em 2014.

O fato aconteceu em 2002 com a França, que venceu o Brasil na final em 1998. Os franceses também foram vitimas da "zica" brasileira em 2010, após vencerem a seleção em 2006. Em 2014, a Alemanha goleou o Brasil por 7 a 1 e foi eliminada na fase de grupos em 2018. A Bélgica foi a última vitima. Com o triunfo sobre a seleção em 2018, os belgas caíram antes das oitavas neste ano.

LEIA TAMBÉM: