Esporte

GP do Brasil: por que as corridas da F1 não acontecem no Rio de Janeiro

Cidade maravilhosa já foi cogitada como alternativa a São Paulo para sediar torneios da categoria, por meio do projeto do Autódromo de Deodoro

GP do Brasil de Fórmula 1: corrida ocorrem em novembro, em São Paulo (ATPImages /Getty Images)

GP do Brasil de Fórmula 1: corrida ocorrem em novembro, em São Paulo (ATPImages /Getty Images)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 31 de outubro de 2023 às 06h00.

De 3 a 5 de novembro, acontece o GP do Brasil da Fórmula 1 em São Paulo. A 20º etapa da competição automobilística será realizada no Autódromo de Interlagos.

A cidade de São Paulo é conhecida como uma das capitais da categoria esportiva e carrega uma forte tradição por episódios marcantes de corridas da F1. O Rio de Janeiro já tentou se colocar como sede do esporte no Brasil, no entanto, as iniciativas para tirar esse projeto do papel não tiveram resultados.

Por que o Rio de Janeiro não tem corridas de F1?

Por décadas, a cidade maravilhosa contou com o Autódromo Internacional Nelson Piquet, conhecido também como Autódromo de Jacarepaguá, que foi inaugurado em 1977.

Mas, o autódromo foi desativado e demolido em 2012 para as obras dos Jogos Olímpicos de 2016. Em seguida, o governo do Rio começou a procurar um novo local para a construção de uma nova pista de corridas.

Depois de um longo período de procura pelo local adequado, foi definido o bairro de Deodoro, na Zona Norte da cidade. As autoridades chegaram a anunciar a construção de um autódromo na região, em uma terreno que pertencia ao Exército e faz parte de uma área de preservação ambiental.

Em 2019, os governos federais, municipais e estaduais firmaram acordo para realização do GP do Brasil de Fórmula 1 de 2020 no Autódromo de Deodoro.

Por outro lado, a construção de uma pista de corrida no local se tornou inviável, em razão das dificuldades para obtenção da licença ambiental. Diante da situação, a FIA, detendora da F1, assinou contrato de cinco anos com a administração do Autódromo de Interlagos, provocando o esfriamento do interesse pela realização dos torneios em Deodoro.

Em 2021, o projeto de construção do Autódromo no Rio foi arquivado depois que a Câmara Municipal aprovou a transformação da Floresta do Cambotá em Refúgio de Vida Silvestre (REVIS).

Programação do GP do Brasil de Fórmula 1

03 de novembro, sexta-feira

  • 11h30: Treino Livre 1 – Fórmula 1 Rolex Grande Prêmio de São Paulo 2023
  • 15h00: Classificação – Fórmula 1 Rolex Grande Prêmio de São Paulo 2023

04 de novembro, sábado

  • 11h: Classificação Sprint – Fórmula 1 Rolex Grande Prêmio de São Paulo 2023
  • 15h30: Corrida Sprint – Fórmula 1 Rolex Grande Prêmio de São Paulo 2023

05 de novembro, domingo

  • 12h: Desfile de Pilotos
  • 14h: Fórmula 1 Rolex Grande Prêmio de São Paulo 2023 (71 voltas)

Quais e quando serão as próximas corridas da Fórmula 1

  • GP do México - 29/10
  • GP do Brasil - 05/11
  • GP de Las Vegas - 19/11
  • GP de Abu Dhabi - 26/11
Acompanhe tudo sobre:GP São PauloMelhor GP do BrasilFórmula 1Corrida

Mais de Esporte

Palco da final da Copa América conta com ingressos de até 385 mil reais para acompanhar a partida

Experiência com público na Copa América pode servir de teste para a FIFA, alertam especialistas

Veja quanto Alacaraz ganhou pelo título em Wimbledon

Alcaraz atropela Djokovic e é bicampeão de Wimbledon

Mais na Exame