GP da Holanda: Em casa, Verstappen vence com ultrapassagem no fim e faz a festa da torcida na F1

George Russell ficou em segundo, e Charles Leclerc, da Ferrari, completou o pódio
No rádio, Hamilton avisava à Mercedes que seria difícil segurar Verstappen. E foi. (Robert Szaniszló/NurPhoto/Getty Images)
No rádio, Hamilton avisava à Mercedes que seria difícil segurar Verstappen. E foi. (Robert Szaniszló/NurPhoto/Getty Images)
A
Agência O Globo

Publicado em 04/09/2022 às 17:50.

Última atualização em 04/09/2022 às 18:14.

Max Verstappen conquistou sua 30ª vitória na Fórmula 1 em grande estilo. Em casa em Zandvoort, na Holanda, ele ultrapassou Lewis Hamilton em uma relargada forçada pelo safety car no fim da corrida para levantar a torcida que lotou o autódromo.

George Russell ficou em segundo, e Charles Leclerc, da Ferrari, completou o pódio. A corrida estava um pouco parada, mas ganhou emoção no fim quando Bottas parou na entrada da reta e interditou a pista. Bandeira amarela, safety car e posições alinhadas, com algumas paradas, até a relargada.

No rádio, Hamilton avisava à Mercedes que seria difícil segurar Verstappen. E foi. Como um foguete, o holandês não tomou conhecimento do inglês e passou com força por fora para ganhar a ponta. O heptacampeão mundial ficou de fora do pódio e culpou a equipe pela decisão de utilizar pneus médios contra os macios do pelotão de frente.

Quem também errou muito foi a Ferrari, que viu Carlos Sainz ser punido em cinco segundos ao fim da corrida por atrapalhar Fernando Alonso na saída dos boxes. Leclerc conseguiu o pódio, mas não sem problemas da equipe nas paradas nos boxes.