Esporte

F1: Lewis Hamilton e Max Verstappen estão entre os 10 atletas mais comercializáveis

Piloto holandês e o britânico também se destacam com os melhores salários de sua categoria

Fórmula 1: Max Verstappen e Lewis Hamilton ( Minas Panagiotakis/Getty Images)

Fórmula 1: Max Verstappen e Lewis Hamilton ( Minas Panagiotakis/Getty Images)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 26 de outubro de 2023 às 07h00.

No Grande Prêmio de Fórmula 1, Max Verstappen, da Red Bull Racing, tem demonstrado bom desempenho frente aos adversários. Tanto que, até o momento, tem liderado as etapas da Bélgica, do Japão e Estados Unidos.

Diante deste cenário, o piloto holandês segue como favorito para a prova deste final, no México, e está perto de de se sagrar tricampeão mundial.

Por outro lado, ele divide com o também piloto Lewis Hamilton um espaço especial entre os 50 atletas mais comercializáveis do mundo.

Em uma lista publicada pela SportsPro Media, Hamilton e Verstappen são os pilotos melhores colocados em 8º e 10º, respectivamente.

Além deles, o ranking também mostra Lando Norris na 25º posição, à frente do craque do futebol Cristiano Ronaldo (27º), e o monegasco Charles Leclerc em 28º, atrás da tenista americana Coco Gauff, vencedora do US Open.

Melhores salários da F1

Verstappen também tem levado a melhor no aspecto salarial, pois encontra-se no topo dos mais bem pagos da Fórmula 1, em um ranking publicado pela revista Forbes.

Max Verstappen recebe um salário anual de US$ 55 milhões (R$ 268 milhões na cotação atual), em um contrato com a Red Bull até 2028. A remuneração é cinco vezes maior do que Sergio Pérez, seu companheiro de equipe e atual vice líder do Mundial de Pilotos, que recebe US$ 10 milhões (R$ 48,8 milhões) da RBR.

Em segundo lugar, aparece o heptacampeão mundial Lewis Hamilton, que já esteve na posição de Verstappen como o piloto mais bem pago da Fórmula 1. Na equipe da Mercedes, ele tem vencimentos anuais avaliados em US$ 35 milhões (R$ 170,8).

Atrás do piloto britânico, Charles Leclerc, da Ferrari, preenche o pódio dos maiores salários da Fórmula 1, com pagamento de US$ 24 milhões (R$ 117,12 milhões).

De acordo com o levantamento, os salários dos pilotos da categoria em 2023 teve aumento de 25% em relação à última temporada passada. O salário de Lando Norris, da McLaren, era US$ 11 milhões em 2022 e passou para US$ 20 milhões (R$ 97,6 milhões) neste ano, garantindo ao britânico o quarto do lugar do mais bem pago da Fórmula 1.

Já o bicampeão mundial Fernando Alonso foi quem sofreu a maior redução salarial. O piloto espanhol recebia US$ 30 milhões (R$ 146,40 milhões) na Alpine e na atual temporada recebe US$ 5 milhões (R$ 24 milhões) pela Aston Martin.

Pilotos mais bem pagos da Fórmula 1 em 2023

  • Max Verstappen (Red Bull): US$ 55 milhões
  • Lewis Hamilton (Mercedes): US$ 35 milhões
  • Charles Leclerc (Ferrari): US$ 24 milhões
  • Lando Norris (McLaren): US$ 20 milhões
  • Carlos Sainz (Ferrari): 12 milhões de dólares
  • Sergio Pérez (Red Bull): 10 milhões de dólares
  • Valtteri Bottas (Alfa Romeo): 10 milhões de dólares
  • George Russell (Mercedes): US$ 8 milhões
  • Esteban Ocon (Alpino): 6 milhões de dólares
  • Fernando Alonso (Aston Martin): 5 milhões de dólares
  • Pierre Gasly (Alpine): US$ 5 milhões
  • Kevin Magnussen (Haas): US$ 5 milhões
  • Alex Albon (Williams): US$ 3 milhões
  • Lance Stroll (Aston Martin): US$ 2 milhões
  • Nico Hülkenberg (Haas): US$ 2 milhões
  • Guanyu Zhou (Alfa Romeo): US$ 2 milhões
  • Oscar Piastri (McLaren): US$ 2 milhões
  • Yuki Tsunoda (AlphaTauri): US$ 1 milhão
  • Daniel Ricciardo (AlphaTauri): US$ 1 milhão
  • Logan Sargeant (Williams): US$ 1 milhão
Acompanhe tudo sobre:Fórmula 1Pilotos de corridaCorridaLewis HamiltonMelhor GP do BrasilGP São Paulo

Mais de Esporte

Empresário quer criar 'Olimpíadas' com atletas 'dopados'

Jogos de sexta, 12 de julho de 2024, onde assistir ao vivo e horários

Paysandu x Ceará: onde assistir e horário pelo Brasileirão Série B

Botafogo-SP x Amazonas: onde assistir e horário pelo Brasileirão Série B

Mais na Exame