Esporte

F1 2023: veja quem são os pilotos brasileiros da Fórmula 1

Confira cinco pilotos brasileiros que estão atualmente em equipes de base da F1

Campeão na F2 em 2022, Felipe Drugovich é uma das grandes esperanças para o Brasil na Fórmula 1 (Dan Mullan/Getty Images)

Campeão na F2 em 2022, Felipe Drugovich é uma das grandes esperanças para o Brasil na Fórmula 1 (Dan Mullan/Getty Images)

Antonio Souza
Antonio Souza

Repórter da Home e Esportes

Publicado em 1 de novembro de 2023 às 04h00.

A Fórmula 1 sempre foi marcada por muitos pilotos brasileiros que fizeram história nas pistas ao redor do mundo. Nomes como Ayrton Senna, o maior de todos, além de Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet, Felipe Massa, entre outros, configuram entre os grandes no país.

Há cinco anos que a Fórmula 1 não tem um brasileiro na categoria principal da modalidade. O último foi Felipe Massa, vice-campeão em 2008, que se aposentou em 2017.

Apesar do Brasil não ter um representante este ano, uma safra de jovens pilotos brasileiros estão na lista pra entrar na competição. Confira cinco pilotos brasileiros que estão atualmente em equipes de base da F1

Pietro Fittipaldi – Haas

Neto do bi-campeão mundial Emerson Fittipaldi, Pietro foi o último brasileiro a correr em uma etapa de Fórmula 1. Pela Haas e ainda como suplente, ele correu nos GP's do Sakhir e Abu Dhabi em 2020, substituindo Romain Grosjean na ocasião. Pietro começou nas categorias de acesso da Nascar, mas depois brilhou nas divisões de base conquistando títulos importantes como o de campeão da Fórmula Renault e World Series.

Felipe Drugovich comemora durante corrida do Campeonato de Fórmula 2 em Monza, Itália (Clive Mason/Getty Images)

Felipe Drugovich - Aston Martin

Campeão na F2 em 2022, Felipe Drugovich é uma das grandes esperanças para o Brasil na Fórmula 1. Ele se destaca por ter um intenso programa de treinos e conta com forte apoio de empresas brasileiras, como XP e Porto Seguro. Em 2023, ele participou dos treinos do GP de abertura no Bahrein, porém Lance Stroll acabou correndo.

Enzo Fittipaldi - Red Bull

Neto de Emerson Fittipaldi e irmão de Pietro Fittipaldi (último representante do Brasil no grid, em 2020), Enzo chamou a atenção de grandes equipes de F1, ganhando um contrato como piloto da Ferrari. Atualmente com 22 anos, Enzo começou sua carreira correndo de kart nos Estados Unidos, onde passou a infância colecionando troféus na Flórida. A ascensão no automobilismo veio em 2018, quando conquistou o título da F4 Italiana com a Prema ao obter sete vitórias, 12 pódios e 13 poles

Aurelia Nobels - Ferrari

A jovem Aurelia Nobels, de 15 anos, integra o grid da recém-criada F4 Brasil, sendo a única mulher a competir no campeonato de base que soma pontos para a superlicença, necessária para se chegar à F1. No capacete, a pilota carrega três bandeiras: da Bélgica, país de origem de seus pais, a dos Estados Unidos, lugar em que ela nasceu e a bandeira do Brasil, no centro do equipamento, em que faz homenagem ao ídolo Ayrton Senna.

Gabriel Bortoleto – McLaren

Aos 18 anos, Gabriel Bortoleto teve um ano incrível em 2023. Ao vencer no final de semana de estreia na F3 no Bahrein, ele começou sua jornada pelo título para a categoria, que é a segunda divisão de acesso mais importante da F1.

Gabriel é agenciado por Fernando Alonso na A14 Management e recentemente foi anunciado como novo piloto de desenvolvimento da McLaren. Ele começará na F2 em 2024

Acompanhe tudo sobre:GP São PauloFórmula 1

Mais de Esporte

CazéTV anuncia transmissão de jogos da NFL e outras disputas internacionais em 2024

Uruguai x Colômbia: onde assistir e horário pela Copa América

Internacional x Juventude: onde assistir e horário pela Copa do Brasil

Jogos de quarta-feira, 10 de julho, onde assistir ao vivo e horários

Mais na Exame