Esporte

Estêvão, Neymar, Denilson: confira as maiores vendas do futebol brasileiro

Transferência do Palmeiras para Chelsea adiciona Estêvão à longa lista de jogadores vendidos por altos valores; confira o ranking das maiores vendas

Neymar foi vendido ao Barcelona por € 88,4 milhões em 2013, maior venda da história do futebol brasileiro (Francois Nel/Getty Images)

Neymar foi vendido ao Barcelona por € 88,4 milhões em 2013, maior venda da história do futebol brasileiro (Francois Nel/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 23 de junho de 2024 às 10h45.

Última atualização em 23 de junho de 2024 às 11h15.

A venda de Estêvão, ex-Palmeiras, para o Chelsea, já é uma das maiores transações da história de um clube brasileiro. Com o valor de 61,5 milhões de euros, ou quase R$ 360 milhões, o atleta de apenas 17 anos assinou o contrato de transferência neste sábado, 22, em termos que passavam sob negociação desde maio.

Do total, são 45 milhões de euros fixos e 16,5 milhões de euros em metas. O time paulista terá direito a 70% do valor, enquanto o atacante e sua família têm os outros 30%.

Apesar de ainda disputar esta temporada e o início da próxima pelo Palmeiras, Estêvão já entra em uma longa lista de talentos brasileiros exportados para o futebol internacional com valores exorbitantes. Confira abaixo as maiores vendas da história do futebol brasileiro e os valores:

Neymar - € 88,4 milhões

A transferência do jogador do Santos para o Barcelona aconteceu em 2013, quando Neymar tinha 21 anos. Até hoje, é considerada a mais transação feita em valores absolutos, ou seja, sem considerar correções cambiais do futebol brasileiro. O valor, no entanto, passou por investigações de autoridades europeias.

Vitor Roque - € 74 milhões

O jogador foi vendido para o Barcelona por quase R$ 400 milhões. Ex-Athletico, Vitor Roque tinha apenas 18 anos durante a transação. O contrato estipula seis anos de atuação no Barcelona.

Endrick - € 72 milhões

Aos 16 anos, o jogador do Palmeiras assinou seu contrato de ida ao Real Madrid apenas alguns meses após começar a atuar pelo time paulista. A transferência será concretizada em julho deste ano, quando Endrick completar 18 anos.

Vinícius Júnior e Rodrygo - € 45 milhões

Os atletas que atuam hoje pelo Real Madrid foram transferidos pelo mesmo valor.

Vini Jr foi vendido em 2017 pelo Flamengo, quando tinha apenas 16 anos. Na época, foi a segunda maior venda já registrada pelo futebol brasileiro, atrás apenas de Neymar.

Rodrygo, ex-Santos, foi comprado em 2018 pelo Real Madrid, mas só passou a jogar pelo time espanhol em junho de 2019.

Lucas Moura - € 43 milhões

Em 2012, o jogador chegou ao Paris Saint-Germain após transferência do São Paulo. Na época, foi a transferência mais cara da história, logo sendo ultrapassada por Neymar.

Arthur - € 40 milhões

Em 2018, o Barcelona comprou o jogador que já atuava há três anos no Grêmio. Dois anos depois, Arthur foi transferido para a Juventus. Em 2023, foi emprestado para a Fiorentina, clube italiano.

Lucas Paquetá - € 35 milhões

O Flamengo vendeu o jogador para o Milan em 2018, mesmo ano da transferência de Vinícius Júnior. Posteriormente, o jogador foi repassado para o Lyon e hoje joga pelo West Ham.

Gabriel Jesus - € 32,7 milhões

Aos 20 anos, Gabriel Jesus foi vendido pelo Palmeiras, onde começou sua carreira, para o Manchester City, clube em que atuou até 2022. Há dois anos joga pelo Arsenal.

Oscar - € 31,9 milhões

Em 2012, o Chelsea ofereceu a quantia para adicionar Oscar, que até então jogava no Internacional, ao seu elenco. O jogador anteriormente disputava pelo São Paulo, mas deixou a equipe após denunciar irregularidades em seu contrato.

Denílson - € 31,5 milhões

O campeão da Copa do Mundo de 2002, ano do pentacampeonato, foi vendido para o Real Bétis em 1998, quando jogava pelo São Paulo. A transação foi a maior venda do futebol brasileiro em valores absolutos por grande parte da década de 2000.

Acompanhe tudo sobre:EsportesPalmeirasNeymarFutebolFutebol europeu

Mais de Esporte

Corinthians x Criciúma: onde assistir e horário pelo Brasileirão

Juventude x Atlético-MG: onde assistir e horário pelo Brasileirão

Jogos de hoje, terça-feira, 16 de julho, onde assistir ao vivo e horários

CBF define mudança em data do sorteio dos confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil

Mais na Exame