Esporte

Antony é cortado da Seleção Brasileira e Fernando Diniz chama Gabriel Jesus

Decisão foi tomada após serem apresentadas novas informações sobre o caso de suposta agressão do jogador a sua ex-namorada, Gabi Cavallin

Antony: brasileira joga no Manchester United (Joe Prior/Getty Images)

Antony: brasileira joga no Manchester United (Joe Prior/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 4 de setembro de 2023 às 18h09.

Última atualização em 4 de setembro de 2023 às 18h09.

A CBF informou nesta segunda-feira, 4, que o atacante Antony foi desconvocado pelo técnico Fernando Diniz para os jogos contra Peru e Bolívia, após novas informações sobre o caso de suposta agressão do jogador a sua ex-namorada, Gabi Cavallin.

"Em função dos fatos que vieram a público nesta segunda-feira, 4, envolvendo o atacante Antony, do Manchester United, e que precisam ser apurados, e a fim de preservar a suposta vítima, o jogador, a Seleção Brasileira e a CBF, a entidade informa que o atleta está desconvocado da Seleção Brasileira", disse a CBF em nota.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo em primeira mão. Inscreva-se no Telegram da Exame

Para o seu lugar, o técnico Fernando Diniz chamou Gabriel Jesus, que estava pré-selecionado em uma lista de 36 jogadores, enviada à FIFA. Diniz demonstrou preocupação com o caso Antony após a repercussão da denúncia de agressão da ex-namorada do atacante.

Havia temor por parte do jogador e seus representantes que os efeitos da exposição do caso na mídia em momento de apresentação para as Eliminatórias gerassem um possível corte. Antony teria chegada em Belém para o jogo contra o Peru prevista para a madrugada desta segunda-feira. Ele se pronunciou sobre as novas denúncias nesta tarde e disse que era inocente.

Na convocação, Diniz também falou rapidamente sobre o caso. Depois dos desdobramentos, a preocupação com Antony ganhou novo foco. Antes, ele chamou o caso de incipiente e disse que deveria ser aguardada a investigação. Foi o mesmo discurso no caso de Paquetá, mas o meia foi cortado após investigação sobre apostas esportivas.

"É uma coisa ainda muito incipiente. Por ora, o que eu sei é isso, de uma acusação. Eu vou parar por aí. Não vou ficar discorrendo sobre esse assunto porque é tudo muito pouco para falar agora. Eu vou falar uma vez só. Todo mundo que comete alguma coisa errada tem que pagar por aquilo que comete. Mas a gente não tem que ficar levantando essas questões o tempo todo, só porque alguém levantou. Espera os órgãos competentes para apurar esse tipo de coisa", disse o técnico da seleção, na ocasião.

Veja a nota da CBF:

Em função dos fatos que vieram a público nesta segunda-feira, 4, envolvendo o atacante Antony, do Manchester United, e que precisam ser apurados, e a fim de preservar a suposta vítima, o jogador, a Seleção Brasileira e a CBF, a entidade informa que o atleta está desconvocado da Seleção Brasileira.

Para o seu lugar, o técnico Fernando Diniz chamou Gabriel Jesus, que estava pré-selecionado em uma lista de 36 jogadores, enviada à FIFA.

Veja o que Antony disse:

"Em respeito aos meus fãs, amigos e familiares, me sinto na obrigação de me manifestar publicamente sobre as falsas acusações que tenho sido vítima. Desde o início, tenho tratado esse assunto com a seriedade e respeito, prestando os devidos esclarecimentos perante a autoridade policial. O inquérito policial está sob segredo de justiça, e , por isso, não posso tornar público o seu conteúdo.

Contudo, posso afirmar com tranquilidade que as acusações são falsas, e que a prova já produzida e as demais que serão produzidas demonstram que sou inocente das acusações feitas. Minha relação com a sra. Gabriela era tumultuada, com ofensas verbais de ambos os lados, mas jamais pratiquei qualquer agressão física.

A cada momento, seja em depoimento ou em entrevista, ela apresenta uma versão diferente das acusações. Assim, venho veemente negar as acusações feitas e informar que permaneço à inteira disposição das autoridades brasileiras para esclarecer o que for necessário. Confio que as investigações policiais em andamento demonstrarão a verdade sobre a minha inocência."

Acompanhe tudo sobre:Violência urbanaFeminicídiosFutebolCBF

Mais de Esporte

Apagão cibernético paralisa sistemas das Olimpíadas de Paris uma semana antes de abertura

Qual o fuso horário de Paris? Posição geográfica da França vai 'ajudar' o trabalhador brasileiro

GP da Hungria de F1 2024: horários e onde assistir aos treinos ao vivo

Jogos de hoje, sexta-feira, 19 de julho de 2024, onde assistir ao vivo e horários

Mais na Exame