Alcaraz vence Ruud, conquista o US Open e se torna o número 1 mais jovem do mundo

Tenista de 19 anos conquista seu primeiro Grand Slam e quebra recordes
Alcaraz se tornou o tenista mais jovem número 1 do mundo (Tim Clayton/Getty Images)
Alcaraz se tornou o tenista mais jovem número 1 do mundo (Tim Clayton/Getty Images)
A
Agência O GloboPublicado em 12/09/2022 às 08:18.

O espanhol Carlos Alcaraz, de 19 anos, venceu o noruegues Casper Ruud por 3 sets a 1, parciais 6/4, 2/6, 7/6 e 6/3, e conquistou o seu primeiro Grand Slam na carreira. Além do título do US Open, a partida também valia a liderança na lista da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

Embora Alcaraz fosse visto como favorito para vencer a final do torneio, antes da partida, o espanhol reconheceu que enfrentaria um adversário difícil e não escondeu o nervosismo.

— É fantástico ser capaz de lutar por grandes coisas, minha primeira final de Grand Slam. Consigo ver o número 1 do mundo, mas, ao mesmo tempo, isso é tão distante. Ainda tem um jogo, mas contra um jogador inacreditável. Ele (Ruud) merece jogar a final. Ele jogou uma decisão de Grand Slam, em Roland Garros. Será minha primeira vez. Vou dar o máximo que tiver. Terei que controlar os nervos por estar numa final de Grand Slam mas estou, obviamente, muito, muito feliz — disse Alcaraz.

A disputa durou 3h20 em um jogo muito equilibrado. Mas logo no início, o nervosismo natural foi embora. Com a vitória, Alcaraz se tornou o tenista mais jovem número 1 do mundo. Lleyton Hewitt era o recordista, com 20 anos e 9 meses, e o segundo de menor idade a ganhar o US Open, com três meses de diferença para Pete Sampras, em 1990.

Veja também:

Brasil vence Eslovênia e fica com o bronze no Mundial de Vôlei

Piloto Felipe Drugovich é campeão mundial de Fórmula 2