Indonésia quer vendas de apenas motos e carros elétricos até 2050

"Todas as motocicletas vendidas a partir de 2040 serão elétricas e todos os carros comercializados a partir de 2050 serão elétricos", afirmou o ministro da Energia do país
 (AFP/AFP)
(AFP/AFP)
Por ReutersPublicado em 14/06/2021 11:48 | Última atualização em 14/06/2021 11:48Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A Indonésia pretende vender apenas motos e carros elétricos até 2050 para substituir veículos a combustão, afirmou o ministro da Energia do país, nesta segunda-feira.

O mundo segue mudando. Siga em evolução com a EXAME Academy.

"Todas as motocicletas vendidas a partir de 2040 serão elétricas e todos os carros comercializados a partir de 2050 serão elétricos", disse Arifin Tasrif.

Na década passada, o quarto país mais populoso do mundo vendeu uma média de 6,5 milhões de motos e 1 milhão de carros por ano.

"Não temos qualquer legislação para o fim (do uso) de motores a combustão, apenas sobre os elétricos, com incentivos", disse Dadan Kusdiana, diretor de renováveis do ministério.

Em abril, a companhia indonésia de transporte por aplicativo Gojek anunciou que todos os carros e motos em sua plataforma serão elétricos até 2030.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso.